Skip to main content
Tomás Melo Gouveia e João Girão deixam sinais positivos na Escócia

Tomás Melo Gouveia e João Girão deixam sinais positivos na Escócia

|

Tomás Melo Gouveia foi 36.º no Farmfoods Scottish Challenge supported by The R&A, obtendo assim a sua melhor classificação até ao momento na época de estreia no Challenge Tour. Quanto a João Girão, fez o seu primeiro cut no circuito e terminou nos 43.ºs.

O Challenge da Escócia decorreu no Newmachar Golf Club (Par 71), em  Aberdeenshire, debaixo de más condições climatéricas, com ventos fortes, frio e chuva a dificultarem a tarefa dos jogadores.
Face aos elementos, Melo Gouveia e Girão tiveram um desempenho positivo, embora nenhum deles tenha conseguido subir na tabela na jornada de encerramento. Ambos terminaram este domingo com os seus resultados mais altos da semana.

Depois de voltas de 71-70-71, Melo Gouveia fechou com 72 para um total de 284 (Par), partilhando o 36.º posto com mais cinco jogadores. Sobe 31 lugares no ranking da Road to Mallorca, para 112.º. E fatura um prémio de €1757,90.

A sua anterior melhor marca no circuito era o 53.º lugar no Jonsson Workwear Open, na África do Sul, em final de fevereiro.

João Girão – a jogar com um convite da FPG por via do Open de Portugal @ Royal Óbidos – havia feito 72-71-69, e hoje assinalou 74 para um agregado de 286 (+2), o que lhe um lugar entre os 43.ºs. Recebeu um prémio de €1379,27 e entrou directamente para 166.º na Road to Mallorca.

No final da terceira volta, sábado, os dois portugueses encontravam-se empatados no 35.º lugar.

A prova foi ganha pelo espanhol Javier Sainz, após bater no segundo buraco do play-off (jogado no 18), com um birdie, o suíço Jeremy Freiburghaus. Tinham terminado empatados no topo com 273 (-11).

O inglês Tom Sloan foi terceiro com 274 (-10), a uma pancada de se lhes juntar no desempate por “morte súbita.”

Para Javier Sainz, de 29 anos, foi o seu primeiro triunfo no Challenge Tour. Valeu-lhe entrada direta para 8.º na Road to Mallorca e um prémio de €43 271,32.

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Miraflores, 29 de maio de 2022

Fotografia © Filipe Guerra / Federação Portuguesa de Golfe

A Federação Portuguesa de Golfe é uma pessoa coletiva de direito privado e de utilidade pública, fundada em 20 de Outubro de 1949, constituída sob a forma associativa e sem fins lucrativos.

Morada

Rua Santa Teresa do Menino Jesus Nº6, 17º andar Miraflores 1495-048 Algés Portugal

Email
Telefone Sede

(chamada p/ a rede fixa nacional)

Redes Sociais

© 2023 Federação Portuguesa de Golfe. Todos os direitos reservados