Skip to main content
  • HANDICAPS

    SISTEMA DE HANDICAP MUNDIAL (WHS™)
  • HANDICAPS

    SISTEMA DE HANDICAP MUNDIAL™

HANDICAPS

SISTEMA DE HANDICAP MUNDIAL – WHS™ – EM VIGOR EM PORTUGAL
 

REGRAS DE HANDICAP

WORLD HANDICAP SYSTEM™

Em Portugal, a Federação Portuguesa de Golfe é a Federação Autorizada com direitos exclusivos para usar e administrar o Sistema de Handicap Mundial.

Esta é a segunda edição para Portugal das Regras de Handicap, que entra em vigor em 2024, com publicação em formato digital.

A secção VI. Orientações Locais para as Comissões dos Clubes de Golfe complementa a implementação do Sistema de Handicap Mundial em Portugal, abrangendo diretrizes para Clubes Filiados, Membros Institucionais, Campos de Golfe e Jogadores. Estes conteúdos eram anteriormente publicados sob a designação de Apêndice P e outros suplementares específicos.

ATUALIZAÇÕES JANEIRO 2024
Quais as principais atualizações do Sistema de Handicap Mundial, que entram em vigor em janeiro de 2024 e como afetam os jogadores e os Clubes?
Volta de 9 buracos

As voltas de 9 buracos são aceites para handicap. O cálculo do resultado diferencial para voltas de 9 buracos foi atualizado, combinando o resultado de 9 buracos jogado com o “resultado esperado”, com base no Índice de Handicap do jogador.

Jogador e Clube: Não necessita de qualquer ação pelo jogador e Clube; os cálculos são feitos no servidor da FPG. Os valores podem ser consultados no registo de handicap.

PCC – Cálculo das Condições de Jogo

O PCC determina se as condições num dia de jogo diferem das condições normais ao ponto de ser necessário aplicar um ajuste para compensar.

O cálculo foi atualizado, sendo ligeiramente menos conservado, para permitir alguns ajustes adicionais.

Jogador e Clube: Não necessita de qualquer ação pelo jogador e Clube; os cálculos são feitos no servidor da FPG. Os valores podem ser consultados no registo de handicap e nos links de classificações das competições, após os cálculos de handicap do final do dia.

Resultados em Four-Ball

Alguns resultados de competição de 18 buracos em Four-ball podem ser aceites para handicap, sujeito a condições específicas.

Jogador e Clube: O Clube pode definir a competição para handicap e informar os jogadores. Os cálculos são feitos no servidor da FPG, que verifica se são cumpridas as condições para cada um dos resultados da competição ser aceite para handicap. Caso seja válido para handicap, o resultado pode ser consultado no registo de handicap.

Campos Classificados com comprimento mínimo reduzido

Podem ser classificados percursos mais curtos e de Par 3 em todos os buracos (mínimo de 685 metros em cada 9 buracos).

Jogador e Clube: Os percursos classificados estão disponíveis para jogo e seleção pelos jogadores e Clubes nas ferramentas de software integradas.

Quando um ou mais buracos não são jogados

Quando é jogado um mínimo de 10 buracos numa volta de 18 buracos o resultado pode ser aceite para handicap. Nesta fase, é utilizado o Par net como resultado em cada buraco não jogado.

Clube: O Clube completa o resultado de competição através de funcionalidade própria no software.

PERGUNTAS FREQUENTES
É aqui que encontrará a maioria das respostas. Se ainda tiver alguma dúvida, não hesite em contactar-nos.
O que é o Índice de Handicap?

O Índice de Handicap é o valor que representa a habilidade demonstrada do jogador, em relação a um campo com dificuldade de jogo standard.

O que é um Handicap de Campo?

O Handicap de Campo é o número de pancadas que um jogador recebe para um conjunto específico de tees tendo em consideração o seu Índice de Handicap e a dificuldade do campo, ou seja, tal como determinado pelo Slope Rating e a diferença entre o Course Rating e o Par.

Este valor é usado para ajustar o resultado de cada buraco para efeitos de handicap e equivale a um Handicap de Jogo de 100%.

O Handicap de Campo representa o número de pancadas para jogar para Par do campo.

Onde consultar o Handicap de Campo e o Handicap de Jogo?

Os valores de Handicap de Campo (100%) e Handicap de Jogo com percentagem de handicap de 95% encontram-se nas Tabelas de Handicap, disponíveis para cada percurso de golfe classificado, pesquisando por tees, género e Índice de Handicap do jogador.

Estes valores, e ainda outras opções de Percentagens de Handicap, estão também disponíveis online.

Em competições organizadas, as Comissões Técnicas podem disponibilizar cartões de jogo contendo os handicaps, aplicando as respetivas Percentagens de Handicap e outros possíveis limites definidos nos Termos da Competição.

O que se espera do jogador com handicap?

No âmbito do Sistema de Handicap Mundial espera-se que o jogador:

– Saiba qual o seu Índice de Handicap e informe a Comissão de quaisquer resultados pendentes ou discrepâncias no seu Índice de Handicap;

– Jogue segundo as Regras de Golfe;

– Tente fazer o melhor resultado possível em cada buraco;

– Aja como marcador de outro jogador e tenha o seu resultado certificado;

– Jogue em percursos classificados, usando o Handicap de Campo (100%), conhecendo o Handicap de Jogo aplicável e sabendo em que buracos recebe ou concede pancadas;

– Submeta os resultados atempadamente, para que o handicap seja atualizado no fim do dia e esteja pronto para o dia seguinte;

– Submeta resultados aceitáveis para apresentar evidências suficientes da sua habilidade demonstrada;

– Submeta todos os resultados aceitáveis, mesmo que jogados noutra jurisdição;

– Aja com integridade, seguindo as Regras de Handicap, e se abstenha de usar, ou contornar, as Regras de Handicap com o objetivo de adquirir uma vantagem injusta.

Como são submetidos os resultados aceitáveis para efeitos de handicap?

Os resultados aceitáveis para efeitos de handicap são registados no registo de handicap do jogador, localizado no sistema informático central de handicaps da FPG:

– Os resultados jogados em competições organizadas, por entidades aprovadas pela FPG, são submetidos através da Comissão Técnica, no final da volta.

– Os resultados jogados em Jogo Geral são pré-registados e submetidos, pelo jogador, através do myFPG, seguindo as instruções disponíveis aqui. Ficam disponíveis para análise pela Comissão de Handicap do jogador.

O que é o Resultado Diferencial?

O Resultado Diferencial é apresentado no registo de handicap para cada volta aceitável para handicap e é usado para os cálculos do Índice de Handicap.

É calculado com o resultado gross, ajustado a um máximo de pancadas por buraco e tendo em conta a dificuldade do campo e as condições de jogo calculadas para o dia.

Na prática, representa para que Índice de Handicap o jogador jogou naquela volta.

Como obter o Índice de Handicap inicial?

Para obter um Índice de Handicap o jogador tem de:

– Ser filiado na Federação Portuguesa de Golfe (FPG).

– Submeter o mínimo de um resultado aceitável para handicap de 9 buracos, podendo submeter mais resultados, de 9 e 18 buracos.

– Ter conhecimentos adequados das Regras de Golfe.

O jogador deve contactar a entidade pela qual está registado para efeitos de handicap na FPG, solicitando a atribuição do handicap.

Um Índice de Handicap no Sistema de Handicap Mundial pode ter um valor até 54,0.

Recomenda-se que os jogadores recebam o handicap desde o início, e dentro das condições previstas, para que possam acompanhar a sua evolução.

Aplicam-se condições específicas para federados que também têm handicap atribuído no âmbito de outra jurisdição.

O que é o procedimento dos Limitadores e como influencia o cálculo do Índice de Handicap?

O procedimento dos Limitadores é um mecanismo automático que pode reduzir ou limitar a subida do Índice de Handicap do jogador.

Funciona comparando o Índice de Handicap calculado com o Índice de Handicap Menor do jogador. Há dois pontos que desencadeiam o Limitador:

i) Limitador Atenuante – é acionado quando a diferença entre o Índice de Handicap do jogador recentemente calculado e o seu Índice de Handicap Menor é maior do que 3,0. O valor acima de 3,0 pancadas é limitado a 50% do aumento.

ii) Limitador Máximo – aciona a restrição do valor pelo qual o Índice de Handicap de um jogador pode aumentar, após aplicação do limitador atenuante, a um máximo de 5,0 pancadas acima do Índice de Handicap Menor do jogador.

Os procedimentos limitadores produzem efeitos depois do Índice de Handicap Menor ser estabelecido.

Qual é o resultado máximo por buraco para efeitos de handicap?

Para efeitos de handicap, aplica-se um resultado máximo por buraco, o duplo bogey net. É igual ao par, acrescido de duas pancadas e das pancadas de handicap recebidas ou concedidas no buraco.

Equivale ao menor número de pancadas para ter zero pontos Stableford no buraco.

É possível um resultado jogado em 10 a 17 buracos ser convertido para um resultado de 18 buracos?

Em determinadas circunstâncias, um resultado, de uma volta em que não foram jogados todos os buracos, pode ser convertido num resultado de 18 buracos aceitável.

Se foi jogado um mínimo de 10 a 17 buracos, aos buracos não jogados aplica-se Par net.

Que mecanismos se aplicam a Índices de Handicap inferiores a 2,0 ou a um Resultado Diferencial inferior a 2,0 numa volta em jogo geral?

Nestes casos aplicam-se mecanismos de controlo adicionais, sendo necessária a aprovação pela Comissão de Handicap e Course Rating da FPG:

– A um resultado aceitável em jogo geral submetido por um jogador com Índice de Handicap inferior a 2,0;

– A um resultado aceitável em jogo geral com um Resultado Diferencial inferior a 2,0 e quando o resultado Diferencial é inferior ao Índice de Handicap do jogador;

– Para a atribuição, restituição ou ajuste de um Índice de Handicap inferior a 2,0.

Quais os objetivos e princípios gerais do Sistema de Handicap Mundial™?

Os elementos do Sistema de Handicap Mundial™ foram desenvolvidos para promover, no golfe, os seguintes princípios orientadores e o sistema ser:

 Inclusivo e Acessível: que dá as boas-vindas a jogadores de diferentes origens;

 Consistente e Portátil: justo e robusto, que receba a confiança de todos, com conceitos claros, e permita fomentar a consistência e portabilidade dos handicaps;

 Moderno e Adaptável: adequado às condicionantes da sociedade moderna e adaptável a diferentes culturas de golfe e diferentes perfis de jogadores.

Onde verificar qual o Índice de Handicap atualizado?

O jogador pode consultar o seu Índice de Handicap em myFPG onde encontrará também o seu registo de handicap, para verificar se todos os resultados aceitáveis estão devidamente registados.

O Índice de Handicap de cada jogador pode também ser consultado por pesquisa do número de federado.

O que é um Handicap de Jogo?

O Handicap de Jogo é o Handicap de Campo ajustado à percentagem de handicap e aos Termos da Competição. Representa o número de pancadas que o jogador concede ou recebe na volta a ser jogada.

É o handicap que o jogador usa para efeitos do jogo.

Para fins de equidade, são recomendadas percentagens de handicap conforme o formato de jogo. Por exemplo, numa competição Stableford individual aplica-se uma Percentagem de Handicap de 95%.

Onde são calculados os handicaps?

Os cálculos são efetuados digitalmente no sistema informático central da Federação Portuguesa de Golfe (FPG). De uma forma geral, os handicaps são atualizados no fim do dia, com os resultados desse dia.

Que resultados são aceitáveis para efeitos de handicap?

Os resultados aceitáveis para efeitos de handicap são jogados:

– Nos formatos autorizados: Jogo por pancadas, Stableford, Resultado Máximo e Par/Bogey;

– Em competições organizadas ou em jogo geral;

– Para resultados de 9 ou 18 buracos;

– De acordo com as Regras de Golfe;

– Com o resultado certificado;

– Num percurso classificado;

– Usando o Handicap de Campo, conhecendo o Handicap de Jogo e sabendo em que buracos o jogador recebe ou concede pancadas de handicap.

O Sistema de Handicap Mundial oferece extensas oportunidades para os jogadores submeterem resultados aceitáveis para handicap e promove a submissão frequente de resultados, que proporcionam evidências da habilidade demonstrada.

Como é calculado o Índice de Handicap?

O elemento principal dos cálculos é a média dos melhores 8 dos últimos 20 resultados. Para o cálculo são usados os resultados diferenciais.

Além disso, há mecanismos adicionais:

– Limitadores, que limitam subidas extremas;

– Ajustes Extraordinários que fazem descer o handicap por resultados extraordinários.

A Comissão de Handicap do jogador pode ajustar o Índice de Handicap, para melhor refletir a habilidade demonstrada pelo jogador.

A evolução no handicap acontece à medida que entram e saem resultados do conjunto de 20, e dependendo de quais são os melhores desses resultados.

Como obter/atualizar o Índice de Handicap se o jogador também é filiado noutra Federação?

Quando um jogador filiado na FPG é filiado noutra federação nacional no estrangeiro, onde possui também um handicap, atribuído no âmbito da jurisdição dessa Federação Nacional, é requerido ao jogador que entregue todos os resultados aceitáveis em ambas as jurisdições.

Em Portugal, o jogador tem de submeter o registo de handicap estrangeiro à sua Comissão de Handicap. É feito o escrutínio e atribuição/atualização do registo de handicap português pela Comissão de Handicap, com integração dos resultados de forma condensada. A Comissão de Handicap pode ainda recomendar a submissão de um ou mais resultados complementares.

O Índice de Handicap utilizado em Portugal é o Índice de Handicap registado no sistema informático central de handicaps da FPG, o qual é atualizado com todos os resultados aceitáveis e ajustes aplicáveis.

O que é o Índice de Handicap Menor?

O Índice de Handicap Menor representa a habilidade demonstrada de um jogador no período de 365 dias que precede o dia em que o resultado mais recente no seu registo de handicap foi jogado e providencia um ponto de referência com o qual o Índice de Handicap atual pode ser comparado.

É estabelecido a partir do momento em que o jogador tenha pelo menos 20 resultados aceitáveis no seu registo de handicap.

O que é o PCC e como é usado para cálculo de handicap?

O PCC é o cálculo estatístico que determina se as condições num dia de jogo diferem das condições normais ao ponto de ser necessário um ajuste para compensar. Por exemplo, como resultado das condições do campo, condições meteorológicas e da configuração do percurso.

Pode determinar um ajuste de -1, 0,0, +1,0, +2,0 ou +3,0.

O PCC de cada campo de golfe é calculado no final de cada dia e é automaticamente aplicado aos Resultados Diferenciais dos jogadores.

O que acontece se um jogador não submete, a tempo, um resultado?

É da responsabilidade do jogador submeter prontamente o resultado aceitável para handicap.

No caso de não submissão atempada de resultados, os motivos deverão ser investigados e tomadas as devidas ações pela Comissão Técnica de uma Competição organizada e pela Comissão de Handicap do jogador.

Sempre que for possível reconstruir um resultado aceitável para efeitos de handicap, este será submetido.

Como funcionam os cálculos para um Índice de Handicap acima de 36,0?

Os cálculos são idênticos para todos os handicaps, mas aplica-se um regime simplificado para handicaps entre 36,0 e 54,0. Nestes as variações automáticas de Índice de Handicap são apenas no sentido descendente.

Qual o papel da Comissão de Handicaps do Clube?

A Comissão de Handicap tem um papel importante na gestão de handicaps ao:

– Administrar a implementação das Regras de Handicap no Clube;

– Monitorizar e fazer cumprir o Sistema Mundial de Handicap;

– Atribuir, rever, ajustar o handicap dos seus jogadores;

– Educar e informar os jogadores sobre assuntos de handicap.

Onde consultar informações sobre o Sistema de Handicap Mundial™?

As informações sobre o Sistema de Handicap Mundial encontram-se disponíveis nesta página.

No entanto, se dúvidas persistirem, agradecemos que envie um email para o Departamento de Handicaps e Course Rating (handicaps@fpg.pt) a solicitar esclarecimentos.

O que o é ajuste por Resultado Extraordinário?

O ajuste por Resultado Extraordinário é um mecanismo automático que reduz o Índice de Handicap do jogador.

Quando um Resultado Extraordinário é registado no registo de handicap, o Índice de Handicap é reduzido conforme a seguinte tabela:

O número de pancadas em que o Resultado Diferencial é inferior ao Índice de Handicap do jogador em vigor quando a volta foi jogada Redução por Resultado Extraordinário

7,0 – 9,9

-1,0

10,0 ou mais

-2,0

Quantos resultados são usados para a média dos melhores resultados?

Em registos de handicap com pelo menos 20 resultados é calculada a média dos melhores 8 resultados diferenciais. Se o jogador tiver menos de 20 resultados aceitáveis, a média é calculada com base na seguinte tabela:

NÚMERO DE RESULTADOS DIFERENCIAIS NO REGISTO DE HANDICAP RESULTADOS DIFERENCIAIS A SEREM USADOS NO CÁLCULO DE ÍNDICE DE HANDICAP AJUSTE

1

1 (o mais baixo)

-2,0

2

1 (o mais baixo)

-2,0

3

1 (o mais baixo)

-2,0

4

1 (o mais baixo)

-1,0

5

1 (o mais baixo)

0

6

Média dos 2 mais baixos

-1,0

7 ou 8

Média dos 2 mais baixos

0

9 a 11

Média dos 3 mais baixos

0

12 a 14

Média dos 4 mais baixos

0

15 ou 16

Média dos 5 mais baixos

0

17 ou 18

Média dos 6 mais baixos

0

19

Média dos 7 mais baixos

0

20

Média dos 8 mais baixos

0

RECURSOS DO SISTEMA DE HANDICAP MUNDIAL

CADERNO DE REFERÊNCIA

SUPORTE myFPG HANDICAP

INSTRUÇÕES PASSO A PASSO PARA JOGADORES

REGISTO myFPG

Como se registar em myFPG? Como aceder? Como atualizar dados de Perfil?

SUBMISSÃO DE CARTÕES

Como Submeter resultado para Handicap em myFPG?

LIVE SCORING EM TORNEIOS

Como registar e certificar resultado em torneio com cartões eletrónicos em Live Scoring?

REGISTO DE HANDICAP

Aceder ao Registo de Handicap

Para aceder ao registo de Handicap e visualizar os cálculos de Handicap:

myFPG > Resultados: Separador “Handicap Index” > Clicar no icon da lista

Os Resultados Diferenciais (SD) a encarnado são os usados na média dos melhores resultados.

Para visualização no telemóvel recomenda-se a imagem na horizontal.

Exportar Registo de Handicap

Para exportar o Registo/Certificado de Handicap:
myFPG > Resultados > botão “Certificado de Handicap” > Selecionar as opções > Confirmar

Descarregar o ficheiro.

A Federação Portuguesa de Golfe é uma pessoa coletiva de direito privado e de utilidade pública, fundada em 20 de Outubro de 1949, constituída sob a forma associativa e sem fins lucrativos.

Morada

Rua Santa Teresa do Menino Jesus Nº6, 17º andar Miraflores 1495-048 Algés Portugal

Email
Telefone Sede

(chamada p/ a rede fixa nacional)

Redes Sociais

© 2023 Federação Portuguesa de Golfe. Todos os direitos reservados