Notícias

Oporto supera Lisbon e arrebata título do Campeonato Nacional de Clubes Mid-Amateur BPI

Arrancou melhor a equipa da Carregueira, que concluiu a primeira volta do torneio organizado pela Federação Portuguesa de Golfe na liderança do ‘leaderboard’, com 219 pancadas (+3), mas o Oporto GC manteve-se vigilante e a apenas dois ‘shots’ do principal ‘rival’.

Na segunda e derradeira ronda, jogada a pares, com uma só bola e pancadas alternadas (‘foursomes’), o histórico clube de Espinho foi mais eficaz e contabilizou 154 pancadas, enquanto os adversários totalizaram 159 ‘shots’.

Com um agregado de 375 pancadas, e uma vantagem de três ‘shots’, o Oporto GC conquistou, assim, o título do Campeonato Nacional de Clubes Mid-Amateur BPI, que não se realizou em 2020, devido à pandemia da covid 19, e relegou o Lisbon Sports Club para segundo plano.

“É um título especial para nós. Há uns anos que andávamos a tentar ganhar o Campeonato Nacional de Clubes Mid-Amateur BPI, mas ainda não tínhamos conseguido. O Lisbon, nos últimos anos, levou a melhor, mas este ano foi a nossa vez. Os jogadores do Oporto estiveram bem. Ontem [sábado) conseguimos ficar só com duas pancadas de desvantagem e hoje foi praticamente um ‘match-play’ com o Lisbon. E foi taco a taco até ao último buraco”, contou Miguel Montenegro, capitão dos novos campeões nacionais de clubes Mid-Amateur BPI.

No terceiro lugar do pódio ficou a equipa da casa, Quinta do Peru, após registar 391 pancadas (237+154) e empurrar Palmares, terceiro classificado ao final da ronda inaugural, para o quarto lugar, com um agregado de 399 ‘shots’.

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Miraflores, 2 de maio de 2021

Fotografia © Filipe Guerra / Federação Portuguesa de Golfe