Skip to main content
Amarante Golf Open a postos para etapa de destaque no calendário interno

Amarante Golf Open a postos para etapa de destaque no calendário interno

Alguns dos melhores amadores e profissionais portugueses competem esta semana no I Amarante Golf Open, que terá lugar no Amarante Golf Club, distribuindo prémios monetários no valor de 15 mil euros. Ao todo, estão inscritos 65 jogadores, sendo 44 amadores e 21 profissionais.

Nascido de um protocolo entre a Federação Portuguesa de Golfe e o Amarante Golf Club, sob o alto patrocínio da Câmara Municipal de Amarante, a prova oficial, entre sexta-feira e domingo, é antecedida de um Pro-Am na quinta-feira e joga-se em três voltas de stroke play, atribuindo troféus ao melhor ‘gross’ e net’ em amadores e ao melhor profissional.
O Amarante Golf Open integra o Circuito da FPG, o qual, desde 2021, passou a integrar golfistas profissionais, mantendo os melhores amadores portugueses. O vencedor embolsa 7.500 euros, ou seja, o valor que normalmente é o prize-money global de uma das cinco etapas do Circuito FPG.

Trata-se, por isso, de um dos pontos mais altos do calendário federativo a nível interno, superado apenas pelo Campeonato Nacional Absoluto Hyundai (de 27 a 30 de julho, no Aroeira Pines Classic), cuja compensação pecuniária ascende a 20 mil euros.

Além de contar para o ranking do Circuito FPG, o evento pontua também para o ranking mundial amador, para o Ranking Nacional BPI da FPG (a hierarquia para amadores de alta competição) e, no que toca aos profissionais, para o ranking da PGA de Portugal.

Uma das atrações do torneio é a presença dos amadores Daniel da Costa Rodrigues e Pedro Cruz Silva, ambos do Club de Golf de Miramar e já em Portugal, de férias, depois de terem concluído os seus segundos anos lectivos em universidades nos EUA.

Vencedor do Internacional de Portugal em 2019 e do Campeonato Nacional Amador Absoluto em 2019 e 2021, “Dani” tem competido pela equipa de golfe dos “Aggies”, da universidade Texas A&M. Quanto a Pedro Silva, vice-campeão nacional amador em 2019, tem representado os “Bulldogs” da universidade de Mississipi State.

De resto, estão em prova os atuais três primeiros classificados no Ranking Nacional BPI, por esta ordem, Hugo Camelo Ferreira (Miramar), Pedro Sousa Machado (Oporto) e João Miguel Pereira (Aroeira).

O ‘field’ também se mostra forte entre os profissionais, contando com Tomás Silva e Tiago Cruz, jogadores que conquistaram múltiplos títulos de campeões nacionais amadores absolutos e também de profissionais, bem como com Hugo Santos, outro ex-campeão nacional em ambos os estatutos e ex-bicampeão europeu de profissionais pela PGA of Europe.

Em prova estão igualmente jogadores com rodagem em circuitos europeus, como são os casos de Vítor Lopes (este ano a competir no Alps Tour e recente vencedor do 3.º Torneio do Circuito FPG), João Carlota, Miguel Gaspar, João Ramos, Alexandre Abreu, João Magalhães, Francisco Oliveira e João Zitzer.

Ausentes, Ricardo Melo Gouveia e Ricardo Santos, que esta semana competem no Volvo Car Scandinavian Mixed, na Suécia; Pedro Figueiredo, Pedro Lencart e João Girão, que estão em Espanha, na Catalunha, para o Empordà Challenge, do Challenge Tour; e Tomás Bessa, em França para o Open de la Mirabelle d’Or, do Alps Tour.

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Miraflores, 8 de junho de 2022

A Federação Portuguesa de Golfe é uma pessoa coletiva de direito privado e de utilidade pública, fundada em 20 de Outubro de 1949, constituída sob a forma associativa e sem fins lucrativos.

Morada

Rua Santa Teresa do Menino Jesus Nº6, 17º andar Miraflores 1495-048 Algés Portugal

Email
Telefone Sede

(chamada p/ a rede fixa nacional)

Redes Sociais

© 2023 Federação Portuguesa de Golfe. Todos os direitos reservados