Notícias

5.º Torneio Drive Challenge Madeira equilibrado

No escalão mais jovem do Projeto Drive, os sub-10, Salvador Rodrigues, jogador da casa, que teve a sua estreia no último torneio do Drive Challenge da Madeira, por pouco não teve uma estreia de ouro: terminou com o mesmo score do 1.º classificado, mas quando foram aplicados os critérios de desempate, caiu para a 3.ª posição do leaderboard. Neste torneio, melhorou o seu resultado e a história foi diferente. Salvador conseguiu ganhar duas pancadas de vantagem para o 2.º classificado, o seu colega de equipa José Pedro Miranda, e terminou com 39 pancadas. Esse resultado permitiu-lhe levar para casa a sua primeira medalha de 1.º classificado Gross. Já na categoria Net, Santiago Vaz Barros (Santo da Serra), Francisco Brito (PXO Clube) e Laura Santos (PXO Clube) terminaram todos com 32 pancadas, mas, após a aplicação dos critérios de desempate, a vitória sorriu a Santiago Vaz Barros. Laura e Santiago viveram uma experiência idêntica no torneio anterior, contudo, com um resultado diferente, pois neste Santiago saiu vencedor e no último foi Laura quem se sobressaiu.

Quanto ao escalão de sub-12, o duelo entre André Gonçalves (Santo da Serra) e Marcelo Gaspar (Palheiro) continua aceso, mas a vitória neste torneio voltou a sorrir a André Gonçalves, que melhorou o seu último score em 1 pancada, terminando desta vez com 36 pancadas. André junta a esta vitória as vitórias já consumadas no 1.º, 2.º e 4.º torneio desta região. Em Net, Maria Correia (Palheiro) ganhou a sua primeira medalha de 1.ª classificada Net, fruto do seu resultado de 37 pancadas.

No que aos sub-14 diz respeito, Rodrigo Abreu, jogador da casa, depois de no último torneio ter tido a sua primeira participação em torneios do Drive Challenge este ano, e nesse mesmo torneio ter ameaçado logo a sua concorrência com um 3.º lugar, neste 5.º torneio levou para casa a tão deseja medalha de 1.º classificado Gross. Engane-se se pensa que Rodrigo Abreu teve uma vitória fácil, pois terminou empatado com 41 pancadas com o vencedor do 1.º, 3.º e 4.º torneio desta região, João Santos (PXO Clube), mas depois da aplicação dos critérios de desempate Rodrigo sagrou-se o grande vencedor deste escalão. O vencedor Net deste escalão voltou a ser Maria Vaz Barros (Santo da Serra) que, com uma volta de 34 pancadas, superou a sua concorrência.

Por último, no escalão etário superior, os sub-18, foi onde assistimos aos melhores resultados quer Gross, quer Net. Ilaria Catania, jogadora do Santo da Serra, depois de ter no seu currículo um 2.º lugar Gross (1.º torneio), um 3.º lugar Gross (3.º torneio) e um 4.º lugar Gross (2.º torneio), conseguiu finalmente vencer um torneio do Drive Challenge Madeira este ano. Ilaria Catania terminou com as mesmas pancadas que o seu colega de equipa Ricardo Camacho, 35 pancadas, mas após a aplicação dos critérios de desempate foi quem saiu mais sorridente. Essa felicidade foi transportada para a categoria Net, pois Ilaria Catania, com 29 pancadas, melhor resultado Net, acumulou a vitória Gross e Net e, por essa razão, levou para a sua casa duas medalhas de 1.ª classificada. Este resultado acumulado no escalão de sub-18 deveu-se ao facto do quadro competitivo contar apenas com 5 participantes e, em função disso, a organização foi obrigada a atribuir prémios acumulados.

Clique aqui para ficar a conhecer as restantes classificações.

 

Gabinete de Comunicação da Federação Portuguesa de Golfe

Miraflores, 4 de agosto de 2021

Fotografia © RTP