Notícias

Golfistas portugueses falham ‘cut’ no Challenge de Espanha

Ricardo Melo Gouveia, membro do Challenge Tour, foi o que terminou melhor classificado, ao totalizar 145 pancadas (71+74), uma acima do Par 72, e integrar a 106.ª posição, empatado, mas foi o seu irmão Tomás quem melhor jogou hoje.

Tomás Gouveia, de 26 anos, juntou à ronda inicial de 77 “shots”, cinco acima, um segundo cartão com 69 pancadas, três abaixo, mas chegou a estar oito abaixo do Par do campo ao fim de 12 buracos, num dia em que o “cut” ficou nas quatro abaixo.

Apesar de ter arrancado com um “bogey” (uma acima) no primeiro “green”, o jovem profissional estava a protagonizar uma exibição de alto nível com “birdies” (uma abaixo) nos buracos 4, 6, 8, 9 e 12 e dois “eagles” (duas abaixo) no 2 e 11, antes de assinar “bogey” no 13, 16 e 17 e um “duplo-bogey” (duas acima) no 14.

Na sequência da reta final infeliz, Tomás Gouveia totalizou 125 pancadas (+2) e acabou no grupo dos 125.ºs colocados, entre os 155 jogadores que iniciaram a prova, enquanto Miguel Gaspar terminou no 149.º lugar (78+78) do “leaderboard”, liderado à partida para a terceira ronda pelo espanhol Lucas Vacarisas e o australiano Blake Windred, ambos com 133 “shots” (-11).

 

Lusa

Lisboa, 16 de junho de 2021

Fotografia © Filipe Guerra / Federação Portuguesa de Golfe