Notícias

Andrea Romano isola-se na liderança do 91st Portuguese International Amateur Championship

Do grupo que ontem liderava (Maxence Giboudot, Alvaro Mueller-Baumgart Lucena, Tiger Christensen e Kiet Van Der Weele) nenhum conseguiu hoje jogar abaixo do PAR do campo do Montado Golf Resort, tendo por isso consequências na classificação geral. Deste grupo, Maxence Giboudot e Alvaro Mueller-Baumgart Lucena (n.º 34 do WAGR) foram quem hoje conseguiu perfazer os melhores scores, tendo terminado o dia com voltas de 73 (+1) pancadas, para se colocarem na 7.ª posição partilhada com o português em destaque, João Miguel Pereira.

Num dia em que os resultados foram menos extraordinários que ontem, destacamos também a volta protagonizada pelo francês Louis Pilod que, ao entregar um cartão com 7 birdies (buracos 2, 4, 8, 15, 16, 17 e 18) e 3 bogeys (buracos 1, 3 e 11), terminou o seu segundo dia com uma volta de 68 (-4) pancadas, ascendendo 11 lugares no leaderboard para se colocar no 5.º lugar empatado com o suíço Robert Foley que hoje fez uma volta de 70 (-2) pancadas.

Quanto à Seleção Nacional e restantes portugueses em prova, a clara evidência vai, uma vez mais, para João Miguel Pereira que hoje, com mais uma volta abaixo do Par, 71 (-1) pancadas, conseguiu ascender ao 7.º lugar do 91st Portuguese International Amateur Championship, um passo importante para o jogador que recentemente entrou no World Amateur Golf Ranking (WAGR). João fez hoje uma boa volta, terminando a mesma de forma muito positiva, o que é sempre motivador para o dia de amanhã. Registou 3 birdies no seu cartão, dois deles a fechar a sua volta (buracos 2, 17 e 18), e 2 bogeys (buracos 7 e 9).

O segundo português melhor classificado é agora Pedro Cruz Silva, que hoje realizou a melhor volta portuguesa no traçado do Montado Golf Resort. O jogador da Seleção Nacional (SN) que atualmente reside nos Estados Unidos da América e foi convocado ao abrigo do Projeto Esperanças Olímpicas entregou um cartão com 70 (-2) pancadas ocupando, provisoriamente, a 19.ª posição da tabela classificativa, empatado com outros 6 jogadores (Jose Luis Ballester Barrio – espanhol e n.º 37 do WAGR -, Cedric Otten (GER), Hamish Brown (DEN), Mauro Gilardi (SUI), Malthe Tandrup Laustsen (DEN) e Nicola Gerhardsen (SUI))

Seguem-se Ricardo Serpa, inscrito a título individual, no 32.º lugar, que de forma muito consistente somou a sua segunda volta consecutiva no PAR do campo e João Pinto Basto Jr., atleta da SN, na 38.ª posição, hoje menos feliz fruto de uma volta de 76 (+4) pancadas, muito por responsabilidade dos 2 duplos nos buracos 16 e 17. Segundo apurámos, uma indisposição física no terminar da sua volta ditou este final indesejado.

O agregado de 145 (+1) pancadas, onde Pinto Basto Jr agora se situa, define provisoriamente a linha de CUT da prova, que ao final da volta de amanhã terá lugar.

A apenas 1 pancada de distância do CUT projetado, encontra-se Pedro Clare Neves (SN). Depois de ontem ter feito uma volta de 74 (+2) pancadas, hoje somou mais 72 (PAR), para um agregado de 146 (+2) pancadas. Isso permitiu-lhe subir 18 posições para ocupar o 43.º lugar, empatado com outros 10 jogadores. Só por este facto, antevê-se uma luta feroz pela passagem ao último dia deste campeonato.

Já Ricardo Neves Garcia (a título individual), que ontem terminou o dia na 31.ª posição, com 71 (-1) pancadas, hoje não foi além das 76 (+4) pancadas e, consequentemente, caiu para o 54.º lugar.

Quanto a Pedro Lencart e a Vasco Alves, jogadores experientes da Seleção Nacional, não estão a passar dias felizes no Montado Golf Resort. Embora tenham melhorado os seus resultados do primeiro dia, continuam a jogar acima do Par 72. Hoje, Lencart somou 73 (+1) pancadas e Alves 74 (+2) pancadas, para se colocarem empatados no 66.º posto, com um agregado de +5. Só uma super volta para estes jogadores, permitirá a passagem do CUT amanhã. Porém, se há jogadores com capacidade para tal, são eles dois.

Para fechar o TOP-10 dos jogadores nacionais presentes no Internacional Amador de Portugal, encontra-se Francisco Silva, o mid-amateur que participa a título individual, na 78.ª posição e, na 86.º posição, Pedro Maria Sousa Machado, também presente a título individual. Francisco fez hoje uma volta de 75 (+3) e Pedro somou hoje mais 76 (+4) pancadas, às 77 (+5) iniciais, para concluir os 36 buracos com 153 (+9) pancadas.

Por fim, o 7º elemento da Seleção Nacional, Pedro Afonso Freitas, pese embora tenha melhorado em 4 pancadas o seu resultado de ontem, encontra-se agora com um agregado de 160 (+16) pancadas, o que o coloca claramente fora das contas para a passagem do CUT (as 40 pontuações mais baixas no final dos primeiros 54 buracos, incluindo os empates).

O que também se decidirá amanhã é a Nations Cup, estando Itália atualmente na liderança. Portugal ocupa provisoriamente a 5.ª posição entre 7 países.

 

Gabinete de Comunicação da Federação Portuguesa de Golfe

Miraflores, 19 de maio de 2021

Fotografia © Filipe Guerra / Federação Portuguesa de Golfe