Skip to main content
Tomás Melo Gouveia e João Girão heróicos na Escócia

Tomás Melo Gouveia e João Girão heróicos na Escócia

|

Debaixo de fortes ventos com rajadas, frio e até chuva, Tomás Melo Gouveia e João Girão passaram o cut no Farmfoods Scottish Challenge supported by The R&A, prova do Challenge Tour na Escócia. Pedro Lencart e Pedro Figueiredo eliminados.

Esta sexta-feira, na segunda volta no campo de Par 71 do Newmachar Golf Club, em Aberdeenshire, Tomás Melo Gouveia, mostrou que o quádruplo bogey de quinta-feira no buraco 16 (Par 5) não o abalou.
Ontem, quinta-feira, antes de ter marcado aquele 9 no seu antepenúltimo buraco de jogo, ele vinha com 4 abaixo do Par e era o melhor em campo entre os jogadores que saíram na ronda da tarde. Acabaria com um 71 (Par) que o deixou nos 52.ºs aos 18 buracos.

Hoje – no mesmo dia em que vê o seu irmão Ricardo a liderar nos Países Baixos numa prova do DP World Tour – assinalou 70 (-1) subindo 23 posições para os 29.ºs, com um agregado de 141 (-1).

“Foram dois dias com muito mau tempo”, sublinhou Tomás. “Muito vento, mesmo. Com rajadas muito fortes, também. Frio. E portanto joguei muito bem nestas duas voltas. Foi pena o 9 que fiz ontem no 16. Mas de resto joguei muito bem dadas as condições. Não ‘patei’ tão bem mas foi bom à mesma.”

Quanto a João Girão, acrescentou ao 72 (+1) inaugural um 71 (Par) para, com 143 (+1), passar o cut no limite (65 primeiros e empatados), no largo grupo dos 55.ºs, o que representou uma subida de 11 lugares na tabela. 70 jogadores apuraram-se para o fim-de-semana, entre 156 à partida.

Pedro Lencart, com 144 (73-71), ficou nos 71.ºs, a somente uma pancada de seguir em frente para o fim-de-semana.

Já Pedro Figueiredo não conseguiu recuperar do prejuízo do 77 inaugural. Esteve bem melhor na segunda volta, com 71, mas o seu total de 148 (+6) não lhe permitiu ir além dos 124.ºs.

Da parte de “Figgy” foi um desempenho contrastante com o do Challenge de Espanha da última semana, onde, também debaixo de muito vento,  andou duas voltas no top-10 vindo a terminar em 13.º.

Os líderes são o inglês Nathan Kimsey (64-71) e o escocês Craig Lee (66-69), com 135 (-7).

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Miraflores, 27 de maio de 2022

Fotografia © Filipe Guerra / Federação Portuguesa de Golfe

A Federação Portuguesa de Golfe é uma pessoa coletiva de direito privado e de utilidade pública, fundada em 20 de Outubro de 1949, constituída sob a forma associativa e sem fins lucrativos.

Morada

Rua Santa Teresa do Menino Jesus Nº6, 17º andar Miraflores 1495-048 Algés Portugal

Email
Telefone Sede

(chamada p/ a rede fixa nacional)

Redes Sociais

© 2023 Federação Portuguesa de Golfe. Todos os direitos reservados