Skip to main content
Portugal está nas meias-finais do Campeonato da Europa – Divisão 2

Portugal está nas meias-finais do Campeonato da Europa – Divisão 2

|

A Seleção Nacional de Homens foi segunda classificada na fase de stroke play do European Amateur Team Championship – Division 2, com um resultado agregado recorde de -25 pancadas, garantindo assim um lugar no 1.º Flight para a fase de matchplay. Cabe-lhe defrontar a Chéquia nas meias-finais da competição que decorre no Green Resort Hrubá Borsá, na Eslováquia.

A fase de stroke play (por pancadas) decorreu em duas voltas, contando para o resultado coletivo a soma dos cinco melhores resultados individuais de cada sexteto.
 

Depois de ter registado 344 (-16) no primeiro dia para se posicionar no segundo lugar, Portugal perfez hoje 351 (-9) mantendo a posição, com um total agregado de 695 (-25). As condições estavam bem mais difíceis do que ontem, pelo que os resultados foram mais altos.

A Escócia foi a vencedora destacada desta primeira fase, com 680 (-40). Chéquia (698, -22) e Áustria (699, -21), no terceiro e quarto lugares, respectivamente, completam o 1.º Flight para o matchplay.

Amanhã (sexta-feira) Portugal defronta a República Checa. A Escócia mede forças com a Áustria. Serão encontros com duas partidas de pares em foursomes (pancadas alternadas, com uma só bola) e cinco de singulares.

As equipas vencedoras das meias-finais de sexta-feira garantem desde logo a promoção à primeira divisão para 2024, defrontando-se na final pela medalha de ouro. As derrotadas discutem o terceiro lugar e a medalha de bronze.

Pelo sexteto português, se ontem tinha sido João Teixeira e Costa (Aroeira) a brilhar a grande altura, com 65 (-7), a melhor marca da jornada inaugural, hoje foi o seu companheiro de clube João Pereira, com 66 (-6), a mostrar-se em grande plano.

João Pereira terminou os últimos 9 buracos com 30 (-6) pancadas e foi sexto na classificação individual oficiosa entre os 54 jogadores em prova, representantes das nove nações em competição. Somou 136 (-8), o mesmo total do islandês Birgir Magnusson (72-64).

Pedro Silva (Miramar) foi um exemplo de consistência e, depois das 68 (-4) inaugurais, marcou 69 (-3). Ficou nos oitavos, com 137 (-7).

Mas o segundo melhor resultado luso desta quinta-feira foi de Hugo Camelo (Miramar), com 68 (-4). Daniel Rodrigues (Miramar) fez 71 (-1) e João Teixeira e Costa e Vasco Alves (Oporto) assinalaram 77 (+5).

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Miraflores, 13 de julho de 2023

Fotografia © EGA

A Federação Portuguesa de Golfe é uma pessoa coletiva de direito privado e de utilidade pública, fundada em 20 de Outubro de 1949, constituída sob a forma associativa e sem fins lucrativos.

Morada

Rua Santa Teresa do Menino Jesus Nº6, 17º andar Miraflores 1495-048 Algés Portugal

Email
Telefone Sede

(chamada p/ a rede fixa nacional)

Redes Sociais

© 2023 Federação Portuguesa de Golfe. Todos os direitos reservados