Notícias

Daniel Rodrigues despede-se do St. Andrews Trophy com vitória em ‘singles’

Precisava de começar forte, hoje, no segundo e último dia, nos ‘foursomes’ matinais. Mas foi a Grã-Bretanha & Irlanda, que se impôs, vencendo três e perdendo um.

Embora faltasse ainda os nove encontros de ‘singles’ da tarde, o match ficava então como que sentenciado a favor do conjunto forasteiro, que liderava então por 11-5.

Com nove jogadores de cada lado e um total de 25 encontros e outros tantos pontos em jogo (um por cada ‘match’, sendo que em caso de empate o ponto é repartido), vence a primeira equipa a chegar aos 13 pontos.

A Grã-Bretanha & Irlanda perdeu os últimos ‘singles’ por 3-5-5,5, mas garantiu a vitória com os parciais de 14,5-10,5.

Daniel Rodrigues e o italiano Pietro Bovari voltaram a jogar juntos esta manhã em pares. E se ontem tinham empatado face à dupla composta pelo escocês Callum Scott e o inglês Arron Edwards-Hill, hoje perderam para o inglês Sam Bairstow e o irlandês Archie Davies, por 2&1.

Nos ‘singles’ finais, “Dani” entrou no terceiro dos nove encontros, derrotando Barclay Brown no 18.º buraco por 2up. Ontem tinha perdido para o irlandês Mark Power, por 2&1.

O St. Andrews Trophy é organizado em conjunto pelo R&A e a EGA (European Golf Association) e teve aqui a sua primeira edição desde 2018, já que se realiza só de dois em dois anos e em 2020 tinha sido cancelado devido à pandemia.

No presente século apenas outros três portugueses tinham merecido honras de convocatória para o St. Andrews Trophy: Hugo Santos, em 2002, o seu irmão Ricardo Santos, em 2004, e João Carlota em 2014.

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Miraflores, 22 de julho de 2022

Fotografia © Martin Zilka / PhotoMartini / EGA Golf