Skip to main content
Andalucía Challenge de Cádiz – Ricardo Melo Gouveia novamente à porta do top-10

Andalucía Challenge de Cádiz – Ricardo Melo Gouveia novamente à porta do top-10

|

No Iberostar Real Club de Golf Novo Sancti Petri, Ricardo Melo Gouveia protagonizou hoje uma boa terceira volta no Andalucía Challenge de Cádiz. Concluiu-a com o resultado de 71 (-1), o que lhe proporcionou uma subida de quatro posições para os 12.ºs. Vítor Lopes, que estava nos 9.ºs aos 36 buracos, marcou 77 caindo 31 posições para os 40.ºs.

Ao fim dos primeiros 9 buracos, Melo Gouveia seguia com 2 acima do Par no dia, consequência de um bogey (3) e um duplo bogey (6), contra um birdie (5). Mas nos quatro buracos seguintes, entre o 10 e o 13, assinalou uma série de birdie-birdie-par-birdie passando para -1. E depois jogou o resto do percurso sempre com pares, escapando ileso dos terríveis 16, 17 e 18, que tantos danos têm causado nos cartões dos jogadores.
Este 71 junta-se ao 72 do primeiro dia e ao 70 do segundo, para um total de 213 (-3). Partilha o 12.º posto com mais quatro jogadores e está a um ‘shot’ dos sétimos classificados, que somam 212 (-4).

O português que foi n.º 1 do Challenge Tour em 2015 iniciou o Challenge de Cádiz no 50.º lugar da Road to Mallorca. Com a sua atual posição no torneio, está provisoriamente em 43.º desta tabela. Amanhã, sábado, na última volta, precisa por isso de aguentar-se firme. É, que na próxima semana joga-se a Grand Final do Challenge Tour em Palma de Maiorca, nas ilhas Baleares espanholas, apenas para os 45 primeiros no ranking do circuito.

Vítor Lopes, depois de voltas de 70 e 71, saiu pela primeira do top-10 e está nos 40.ºs, entre os 64 jogadores que passaram o cut. Soma 218 (+2).

O líder é o espanhol Alfredo Garcia-Heredia, que hoje fez uma fabulosa volta de 64 (-8), para um total de 204 (-12). Segue-se o seu compatriota Pep Angles com 205 (-11) e em terceiro está o inglês Matthew Baldwin com 206 (-10).

No sábado, na última volta, Melo Gouveia sai às 10h50 locais (9h50 em Lisboa) num grupo com o norueguês Kristian Johannessen e o alemão John Allen. O último trio, com os três primeiros classificados, começa a jogar pelas 11h30 locais.

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Miraflores, 13 de novembro de 2020

Fotografia © Octávio Passos

A Federação Portuguesa de Golfe é uma pessoa coletiva de direito privado e de utilidade pública, fundada em 20 de Outubro de 1949, constituída sob a forma associativa e sem fins lucrativos.

Morada

Rua Santa Teresa do Menino Jesus Nº6, 17º andar Miraflores 1495-048 Algés Portugal

Email
Telefone Sede

(chamada p/ a rede fixa nacional)

Redes Sociais

© 2023 Federação Portuguesa de Golfe. Todos os direitos reservados