Notícias

2.º Torneio Drive Tour – Campeonato Nacional de Jovens – Dom Pedro Pinhal consagrou novos vencedores

Em rapazes Sub18, com 27 concorrentes, Jamie Mann liderou do princípio ao fim para ganhar com quatro ‘shots’ de vantagem sobre o campeão nacional Sub18 em título e também em termos absolutos, Daniel da Costa Rodrigues (Miramar), que repetiu o 2.º lugar do 1.º Torneio.

Mann fez uma primeira volta de 70 pancadas que viria a ser a melhor do torneio neste escalão, e hoje, jogando num grupo com “Dani” e Pedro Silva, vencedor do 1.º Torneio no Sir Henry Cotton Championship Course do Penina Hotel & Golf Resort, acrescentou-lhe um 73, para um total de 143 (-1).

“Dani” totalizou 147 (72-75) e no top-5 final, juntando-se ao vencedor, houve mais dois jogadores de Vilamoura: Tomás Mician, campeão nacional Sub16 em 2019, foi terceiro com 148 (76-72) e Bruno Vicente quarto com 149 (74-75). Pedro Silva foi 5.º, com 150 (73-77).

Vice-campeão nacional Sub14 em 2019, Afonso da Costa Rodrigues (Miramar), irmão de “Dani”, conquistou nesta segunda-feira o seu primeiro triunfo em Sub16, com duas pancadas de vantagem sobre o seu companheiro de clube Alberto Costa Marques (79-74), que no ano passado foi o campeão nacional Sub14.

Domingo, no fim da primeira volta, Afonso estava empatado na frente com Alberto e ainda com Pedro Sousa Machado (Oporto) e Pedro Freitas (Miramar). Conseguiu descolar rumo à vitória com um excelente 72 – o melhor resultado do torneio neste escalão – para um total de 151 (+7).

Pedro Sousa Machado foi 3.º com 154 (75 a fechar), Pedro Freitas (78) 4.º com 155 e no 5.º posto ficou um trio composto por três jogadores de Vilamoura – Alexander Amey (83-79), Guilherme Esteves (82-80) e Ricardo Serpa (86-72), este o vencedor do 1.º Torneio da Penina.

Curiosamente, em rapazes Sub14 e Sub12, foram estrangeiros os vencedores, tal como havia acontecido no 1.º Torneio, neste caso com os irmãos espanhóis Kostka e Yago Horno, que não marcaram presença no 2.º Torneio.

Markús Marelsson (Quinta do Vale), em Sub14, somou 158 (77-81), +14, para ganhar com dois shots à melhor sobre Miguel Silveira (Vale de Janelas) e Tomás Afonso Araujo (Miramar).

E, em Sub12, Oliver Smith (Qta.Lago) totalizou 157 (76-81), deixando o seu mais próximo oponente, Gabriel Sardo (Quinta do Fojo) – que já havia sido 2.º no 1.º Torneio – a três pancadas de distância.

Em raparigas Sub18, Teresa Alves (Oporto) conseguiu impôr-se numa prova que contou com a campeã Sub18 de 2019, Filipa Capelo (Quinta do Lago), e com a campeã e vice-campeã Sub16, respetivamente, Leonor Medeiros (Quinta do Peru) e Rita Costa Marques (Miramar). Leonor é também a campeã nacional absoluto em título.

Teresa Alves totalizou 161 (78-83), contra as 164 (89-75) da açoriana Ivete Rodrigues (Verdegolf). Leonor Medeiros foi terceira com 167 (85-82), Rita Costa Marques 4.ª com 168 (82-86) e Filipa Capelo 5.ª com 176 (94-82).

Em raparigas Sub16, Sofia Sá (Quinta do Lago) soma e segue, tendo hoje repetido a vitória do 1.º Torneio, novamente com margem folgada: somando 150 (78-72), ganhou com nove de vantagem sobre Ana da Costa Rodrigues (82-77)), a bicampeã nacional Sub14 em 2019, irmã de “Dani” e Afonso. Seguiram-se duas jogadoras do clube Orizonte – Constança Mendonça, com 160, e Luciana Reis, com 162.

Em raparigas Sub14, voltou a assistir-se a um grande duelo entre Francisca Rocha (Oporto) e Inês Belchior (Quinta do Peru), desta vez favorável à primeira, que, com um total de 176 (87-89), deixou a sua rival (83-94) à distância mínima. No 1.º Torneio, Inês Belchior havia derrotado a jogadora do clube de Espinho no play-off. Maria do Carmo Faria foi 3.º classificada com 207 (105-102).

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Lisboa, 25 de fevereiro de 2020

Fotografia © Filipe Guerra / GolfTattoo / Federação Portuguesa de Golfe