Notícias

The Junior Open Championship  – Daniel Rodrigues acaba em 8.º e Leonor Medeiros também no top-10 entre raparigas

Daniel Rodrigues começou a última volta no trio dos 6.ºs, mas, depois de dois scores de 70, sempre debaixo de vento, hoje marcou 71, para um total de 211 (+1). O atleta da seleção nacional, do Club de Golf de Miramar como Pedro Lencart, só se pode queixar do buraco 8, onde perdeu nada menos do que sete pancadas para o par, com duplo-bogey no primeiro dia, quádruplo-bogey no segundo e bogey no terceiro.

Como o próprio sublinha, não fosse esse buraco e teria ganho o torneio. “Acho que foi um torneio muito bem conseguido, algum azar piorou o meu score durante o torneio. Hoje entrei confiante em campo mas tive de ir sempre um bocadinho atrás do resultado e isso piorou o meu resultado. O 8 era um par 3 dificílimo que embora tenha sido Jogado da melhor forma possível tendo em conta as condições não teve o melhor resultado”, explicou.

“Dani” até encurtou a diferença para o vencedor em três pancadas, já que este, o sul-africano Martin Forster, líder do princípio ao fim e partindo para a última volta com 131 (65-66), 9 abaixo do Par, encerrou hoje com um 74 para, com 205 (-5), ganhar apenas pela margem mínima sobre o japonês Tsubasa Katinaja (68-68-70). O terceiro foi o neo-zelandês Jayden Ford com 207 (69-70-68).

Leonor Medeiros, que completou a seleção nacional, orientada pelo Treinador Nacional Adjunto Hugo Pinto, entregou um excelente cartão final de 70 (Par). “Foram três dias memoráveis apesar de dois deles em termos de resultado não terem sido bons… Hoje o dia foi muito bom em termos de jogo – par do campo num campo como este é mesmo muito, muito bom! Nestes próximos dois dias é aproveitar ao máximo porque vamos estar a ver o The Open”, disse a jogadora da Quinta do Peru.

Pois, a partir de amanhã e até sexta-feira, os participantes do Junior Open são convidados para os dois primeiros dias do British Open, o terceiro e mais antigo ‘major’ do ano, que se joga ali perto, em Carnoustie.

Gabinete de Imprensa da FPG

Lisboa, 18 de julho de 2018