Notícias

Pro Golf Tour – Francisco Oliveira às portas do top-10 na Áustria

Apenas 5 pancadas o separam da dupla de líderes, composta pelo francês Leonard Bem (66-64) e o alemão Thomas Rosenmüller (65-65), ambos com 130 (-5).

Tomás Melo Gouveia precisou de mais 3 pancadas do que ontem (67-70) e caiu para os 25.ºs, com 137 (-3).

O cut – para os 40 primeiros e empatados – fixou-se em 140 (Even Par) e deixou pelo caminho os dois restantes portugueses em prova: João Magalhães, com 145 (74-71); e João Zitzer, com 155 (77-78).

Entretanto, no Alps Tour está a jogar-se o Cervino Alps Open (€40.000 de prize-money), no Cervino Golf Club, um campo de Par 68, em Breuil-Cervinia, Itália. Após duas voltas, o melhor português na tabela é Vítor Lopes, nos 30.ºs, com scores de 67-66 para um total de 133 (-3).

Os restantes portugueses não conseguiram passar hoje o cut aos 36 buracos, e que se fixou em 135 (-1). Tiago Cruz, com 136 (69-67), falhou o apuramento por uma pancada, e Tomás Silva, com 137 (67-70), por duas. Tomás Bessa, somou 139 (71-68) e Miguel Gaspar 140 (71-69).

Os líderes são o francês Sebastien Gandon (65-60) e o espanhol Jordi Garcia Del Moral (61-64), com 125 (-11).

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Miraflores, 3 de setembro de 2020

Fotografia © Federação Portuguesa de Golfe