Notícias

IX Match Portugal-Espanha P&P – Seleção nacional em vantagem após primeiro dia na Quinta do Fojo

Amanhã, numa última jornada a realizar-se no Citygolf, no Porto, jogam-se as seis partidas de ‘singles’, restando assim outros tantos pontos em jogo – é atribuído um ponto por vitória e meio ponto por empate. Vence a primeira equipa a ultrapassar os seis pontos. Se Portugal ganhar metade das partidas (3), perfazendo 6,5, desforra-se da derrota na última edição, em Madrid, quando perdeu por 3-9. Mas o conjunto das “quinas” vencera as três edições anteriores, pelo que procura a sua quarta vitória.
Esta é a primeira competição mundial a contar para o novo WPPAR – World P&P Amateur Ranking.
A seleção nacional, capitaneada por António Vasconcelos, evolui com João Maria Pontes (Paredes), Luís Azenha Bonito (Quinta das Lágrimas) – campeão nacional de pitch & putt –, João Monteiro (Qta. Lágrimas), Arnaldo Paredes (Qta. Lagrimas) – vice-capitão –, Hugo Espírito Santo (Qta. Lagrimas) e Rui Maia (Citynorte).
Hoje, em Fourball, venceram Arnaldo Paredes/João Monteiro, por 2/1, frete a Tomy Artigas/Juan Soler; e Hugo Espírito Santo/Luís Azenha Bonito, por 3/2, frente a Jesus Casajus/Jose Angel Perez; na primeira partida, João Maria Pontes/Rui Maia tinha empatado diante de Jesus Casajus/Jose Angel Perez.
Para os Foursomes, refizeram-se os pares de Portugal, e coube a João Maria Pontes/Hugo Espírito, par vice-campeão do mundo por Portugal, conquistar o ponto solitário da tarde, após baterem Raul Toca/Jaime Herrera por 4/3. Arnaldo Paredes/João Monteiro venderam cara a derrota, cedendo apenas no 18.º e último buraco, por 1 down. Já Luís Azenha Bonito/Rui Maia perderam por 7/6.
Quem joga contra quem nos singulares só amanhã de manhã ficará definido pelos capitães.

Gabinete de Imprensa da FPG

Lisboa, 9 de março de 2019