Notícias

INTERNACIONAL DE JUNIORES DA BÉLGICA

Para Daniel Rodrigues, é mais uma boa marca no seu palmarés, quase um mês depois do 13º lugar no European Young Masters na Noruega, uma espécie de Campeonato da Europa de Sub-16 em que partiu para a última volta no terceiro lugar. Mas na Bélgica foi tanto mais notável quanto competiu no escalão de sub-18. Fechou com duas voltas de 68, no conjunto de ambas perfazendo 8 birdies e 2 eagles em buracos de par-4.

“Não comecei bem nos primeiros dias, mas mantive o foco durante as duas últimas voltas. Foram os meus melhores resultados de sempre no estrangeiro, o que é de realçar. Fiquei também muito satisfeito com os dois eagles que fiz”.

 

Como foram os eagles? No terceiro dia, meteu à segunda no buraco 18 (278 metros) a uma distância de 42 metros; no quarto dia a 152 metros no 4 (383 metros).

 

Pedro Lencart (73-71-75-66) e Daniel Rodrigues (77-72-68-68) totalizaram 285 pancadas, 3 abaixo do par, ao passo que o vencedor,  Dumont de Chassart, somou 276 (72-71-67-66), 12 abaixo, deixando o vice-campeão, o seu compatriota James Meyer de Beco, a 4 shots de distância.

 

A comitiva portuguesa contou com o Treinador Nacional, Nelson Ribeiro, e ainda com mais quatro jogadores na prova masculina: Gonçalo Teodoro, campeão nacional de sub-14, terminou no 38.º posto, com 299 (74-78-71-76); e Carlos Laranja foi 45.º, com 305 (73-74-79-79).

 

Ao fim de três voltas houve um cut para os 42 primeiros e empatados e que se fixou em 226 (+10), o que deixou de fora no último dia Vasco Alves (73-76-78), pela margem mínima, e João Maria Pontes (77-81-77).

 

Na prova feminina, entre 59 concorrentes, Joana Silveira ficou nas 26.ªs com 308 (74-79-79-78), 20 acima do par; e Sara Gouveia falhou o cut (para os 36 primeiras e empatadas aos 54 buracos) após voltas de 76-78-82. A vencedora foi a italiana Alessia Nobilio, com 284 (74-72-68-70), 4 abaixo do par.

 

GABINETE DE IMPRENSA DA FPG

 

FOTOGRAFIAS DE PEDRO LENCART E DANIEL RODRIGUES © FILIPE GUERRA/GOLFTATTOO/FPG