Notícias

III Match Internacional Octogonal – Seleção nacional encerra com vitória frente à Alemanha

Antes do triunfo frente à Alemanha, na fase de grupos, Portugal empatara com a Irlanda e derrotara a República Checa. A derrota de quinta-feira com a Espanha aconteceu numa jornada em que foram cancelados os três jogos de pares em foursomes, capítulo em que a seleção se mostrou particularmente forte: seis vitórias e um empate nove partidas realizadas.

A Inglaterra bateu a Irlanda na final, por 5-4, sucedendo a Espanha na lista dos vencedores. Vencedora em 2018 e 2019, o país anfitrião teve desta vez de se contentar com o último degrau do pódio, depois de derrotar a Holanda por idêntico resultado, num encontro pelo pódio que reeditou o jogo decisivo da última edição.

Frente a alemães, os portugueses só perderam dois dos nove matches, a abrir e a fechar o duelo luso germânico. Pelo meio, assistiu-se, de manhã, às vitórias de Afonso Girão/Pedro Neves e de Pedro Lencart/Daniel Rodrigues nas partidas de pares em foursomes, em ambos os casos por 2/1, frente a Tiger Christensen/Luc Breuer e Wolfgang Glawe/Yannick Malick, respetivamente.

De tarde, nos singles, e por esta ordem, deram-se a vitória de Afonso Girão sobre Tom Haberer, por 1up; o empate de Pedro Silva diante de Carl Siemens; o sexto triunfo de Pedro Lencart em sete jogos realizados, diante de Tiger Christensen, por 3/2; o empate de Dani frente a Luc Breuer; e o êxito de Vasco Alves sobre Yannick Malick, por 2/1.

Pedro Neves perdeu para Wolfgang Glawe, por 4/3, tal como Vasco Alves/Pedro Silva haviam sido batidos no primeiro foursomes matinal, também por 4/3, por Carl Siemens/Tom Haberer.

De terça a esta sexta-feira, as oito equipas foram divididas em dois grupos de quatro. Nos três primeiros dias de prova, os quatro países de cada grupo jogaram todos contra todos (round robin). No último dia, os primeiros de cada grupo encontraram-se na final, os segundos mediram forças pelo terceiro lugar e assim sucessivamente. Portugal, 3.º no Grupo Vermelho, defrontou assim o 3.º do Grupo Azul, a Alemanha.

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Lisboa, 24 de janeiro de 2020

Fotografias © Federação Portuguesa de Golfe