Notícias

Histórias COVID-19: Penina solidária no combate à crise pandémica

O Penina Hotel & Golf Resort é famoso no Golfe Nacional e internacional pelo respetivo Sir Henry Cotton Championship Course, o campo pioneiro da modalidade no Algarve. Considerado uma das obras-primas de Sir Henry Cotton, lendário golfista da primeira metade do século XX, foi palco do Open de Portugal em 10 ocasiões, entre 1973 e 2006.

No calendário da Federação Portuguesa de Golfe, o championship course da Penina tem tido, nos últimos anos, honras de abertura de cada nova época desportiva, como sucedeu uma vez mais em Janeiro, por ocasião do 1.º Torneio Drive Tour, o circuito que corresponde ao Campeonato Nacional de Jovens, para os escalões etários dos Sub12 aos Sub18.

Em tempo de pandemia da Covid-19, a disponibilização do hotel àqueles profissionais foi feita em colaboração com a Câmara de Municipal de Portimão e em coordenação com a Proteção Civil camarária e a Direção Regional de Saúde.

Nesta iniciativa, o Grupo JJW agradece ainda à EDP, Rubis Gás e Empresa Municipal de Águas e Resíduos de Portimão, que fornecem a eletricidade, o gás e a água.

Este é um gesto do grupo JJW que pretende expressar a sua “mais profunda gratidão pelo enorme esforço pedido a todas estas pessoas”.

“Ao viver nesta nova casa, todos terão o conforto de saber que têm a possibilidade de se concentrar na sua árdua tarefa profissional, uma vez que continuará a ser assegurada toda a limpeza das instalações, de acordo com as normas regulamentares estipuladas pelas autoridades de saúde pública”, explica o grupo.

Ao Gabinete de Imprensa da FPG, Pedro Garcia e Costa, Regional Director of Sales da JJW, justifica a ajuda do grupo com a boa relação de há muito tempo com a Câmara de Portimão e também com a proximidade da Penina com o Hospital de Portimão.

“Sempre trabalhámos de perto com a câmara, mesmo noutros eventos, culturais e desportivos. Agora damos o nosso contributo numa crise de saúde. Estamos muito satisfeitos, porque clientes não os tínhamos, tínhamos mesmo de encerrar o hotel. Assim, ao menos estamos a ser úteis no combate ao novo coronavírus”, explica.

Mais adianta Pedro Garcia e Costa que o hotel está neste momento com um terço da sua ocupação. “São pessoas que, basicamente, vão dormir ao hotel para não irem dormir a casa, com isso evitando as deslocações.”

Portimão, apesar de ter sido o concelho onde surgiram os primeiros infetados algarvios, tem tido uma evolução mais lenta da epidemia que noutros concelhos, somando a 9 de Abril, 29 doentes com Covid-19.

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Lisboa, 10 de abril de 2020