Notícias

GolfSixes em Cascais   PORTUGAL GANHA NOS PENÁLTIS E APADRINHA INOVAÇÕES  NO EUROPEAN TOUR

O Pro-Am começa amanhã às 9h00 mas com um formato muito diferente do habitual, por exemplo, do que estamos acostumados no Portugal Masters ou no Open de Portugal.

É um Pro-Am só de 16 equipas, joga-se na modalidade de greensomes, cada formação tem dois profissionais e quatro amadores, mas os profissionais constituem uma equipa e os amadores também jogam como dois pares. Joga-se apenas 12 buracos, com duas voltas de seis buracos.

A seleção nacional de Ricardo Melo Gouveia e Pedro Figueiredo vai jogar a partir das 13h00, com a curiosidade de uma das duas equipas da sua formação ser constituída pelos pais dos dois jogadores: Tomás Melo Gouveia (que às vezes faz de caddie do seu filho) e José Luís (“Ginja”) Figueiredo, o diretor de golfe em St. Estêvão e no Ribagolfe. Amanhã os pais passam a rivais dos filhos.

Já no que se refere à prova principal, reservada aos profissionais, a seleção nacional tem honras de abertura do programa na sexta-feira, logo às 11h00, frente a uma das candidatas ao título, a Inglaterra de Tom Lewis (o duplo campeão do Portugal Masters) e Paul Waring.

“Figgy”, que é atleta do Sport Lisboa e Benfica, e “Melinho”, que representa a Quinta do Lago mas é adepto do Sporting Clube de Portugal, têm todas as razões para irem ainda mais confiantes, depois de hoje (quarta-feira) terem ganho nos penaltis uma ação de promoção do GolfSixes Cascais.

Na praia de Carcavelos, os portugueses foram os vencedores de um torneio de penaltis realizado no campo de futebol de areia, que contou ainda com a Irlanda (a campeã do GolfSixes em 2018), a Suécia e a equipa feminina da Alemanha.

Para além de darem algumas entrevistas aos jornalistas presentes, os jogadores tinham de desenhar a caricatura do parceiro, o que deu naturalmente motivo a umas valentes gargalhadas.

Os outros jogadores que deram uns pontapés na praia de Carcavelos foram as alemãs Laura Funfstuck e Esther Henselei, os irlandeses Paul Dunne e Gavin Moynihan, e os suecos Alexander Bjork e Joakim Lagergren.

O GolfSixes Cascais é uma competição diferente e na história do European Tour apresenta este ano algumas novidades, nesta primeira visita à Europa Continental, depois de duas edições no Reino Unido. Inovações que quebram algumas regras desta modalidade tradicional que quer abrir-se mais a outros públicos:

1 – Pela primeira vez os jogadores profissionais poderão jogar de calções em competição.
2 – Pela primeira vez os jogadores poderão recorrer a dispositivos eletrónicos de medição de distância.
3 – Pela primeira vez irá ser usada uma câmara voadora num drone, até aqui proibida em competição.
4 – Os jogadores usarão garrafas reutilizáveis com água em vez das habituais garrafas de plástico descartáveis, para reduzir o lixo de plástico do torneio, havendo vários postos de reabastecimento de água ao longo do campo.
5 – O buraco n.º4 terá um cronómetro e todas as pancadas de saída não poderão levar mais de 30 segundos a serem executadas.
6 – O 6.º e último buraco terá o seu ponto de partida numa plataforma instalada sobre a piscina do The Oitavos Hotel, ao mesmo tempo que um DJ anima com música o local repleto de público e convidados da organização, subvertendo a tradição do silêncio no golfe.

Na sexta-feira joga-se a fase de grupos, para depois no sábado disputarem-se os quartos de final, meias-finais e final.

O European Tour organiza o torneio em parceria com o Município de Cascais e com a agência de eventos e de media U.COM – mais conhecida em Portugal por ser uma das três entidades proprietárias do Millennium Estoril Open, o único torneio de ténis português no ATP Tour, que todos os anos se realiza no mesmo concelho.

Como Portugal recebe ao mesmo tempo a UEFA Nations League, e tanto a final como o confronto de atribuição dos 3.º e 4.º lugares estão marcados para domingo, dia 9 de junho, haverá um final de semana emocionante para os fãs portugueses de desporto e para os turistas de visita ao país, com duas competições desportivas entre seleções nacionais a realizarem-se em simultâneo mas sem justaposições de calendário.

O Oitavos Dunes está classificado no 55.º lugar da lista dos cem melhores campos de golfe do mundo da Golf Magazine e em Portugal é o n.º1. Este campo recebeu o Open de Portugal em quatro ocasiões, primeiro em 2005, quando Paul Broadhurst venceu, e depois em três anos seguidos, de 2007 a 2009, com o título a ser conquistado por Pablo Martín Benavides, Grégory Bourdy e Michael Hoey.

Texto: Hugo Ribeiro (com departamento de Media do European Tour)
Fotografias: 1 – Pedro Figueiredo e Ricardo Melo Gouveia entrevistados pela SportTV na praia de Carcavelos, numa ação de promoção a prova. 2 – A mascote do GolfSixes Cascais defende um remate. 3 – Paul Dunne remata sob o olhar dos restantes jogadores
Anexos: Press release em inglês e português
Contactos: Hugo Ribeiro (93 422 08 53 – igualmente WApp) – presspgaportugal@sapo.pt
www.europeantour.com / https://www.cascais.pt / https://oitavosdunes.com /

GABINETE DE IMPRENSA
DO EUROPEAN TOUR EM PORTUGAL

Lisboa, 5 de junho de 2019