Notícias

European Amateur Team Championship –  Portugal joga com Áustria primeira cartada decisiva

O Flight B integra as nações classificadas entre o 9.º e o 16.º lugar após a fase de stroke play, jogada em duas voltas, em que Portugal, com uma equipa muito jovem, foi 14.º. Com a derrota frente aos holandeses, o sexteto das quinas ficou a disputar com a Áustria e ainda com Itália (medalha de bronze em 2017) e Sérvia o melhor dos últimos quatro lugares da tabela. As últimas três descem de divisão… Se Portugal perder com a Áustria, resta-lhe disputar o 15.º e penúltimo lugar.
O único meio ponto da seleção nacional frente à Holanda foi conquistado pela dupla de Miramar composta por Pedro Neves/Pedro Silva, que empataram diante de Peter Melching/Nordin Van Tilburg. Nos singles todos perderam: João Girão com Vince Van Keen, por 2&1; Pedro Lencart com Stan Krai, por 3&2; Daniel Rodrigues, no 18, por 2 buracos, com Koen Kouwenaar; e Vítor Lopes com Dario Antonisse, por 7&6.
Para o match de amanhã, o Treinador Nacional, Nelson Ribeiro, mantém a táctica, com a mesma dupla para os foursomes, mas com diferente alinhamento nos singles: por esta ordem, Daniel Rodrigues, Vítor Lopes, João Girão e, a fechar, Pedro Lencart.
Nas meias-finais do Flight B, a Holanda defronta a República Checa e a Irlanda mede forças com a Islândia.
Já nos quartos-de-final do Flight A, em luta pelas medalhas, jogaram-se hoje os quartos-de-final. A Espanha, campeã em título, foi batida pela Alemanha, por 4-3, no cômputo dos dois jogos de pares e cinco de singulares. Finlândia causou a surpresa do dia ao bater a Suécia por igual marca, a Suécia que era a cabeça de série nº 1 por ter vencido a fase de stroke play.
A Dinamarca ganhou à Escócia por 4,5-2,5 e a Inglaterra, vice-campeã em 2017 e a nação mais titulada no campeonato, derrotou a França por 6-1.
Nas meias-finais, há Alemanha contra Finlândia e Inglaterra face a Dinamarca.

Fotografia: Na Alemanha, Vítor Lopes (à direita) e Pedro Lencart, respectivamente, vice-campeão e campeão nacionais amadores absolutos

Gabinete de Imprensa da FPG

Lisboa, 12 de julho de 2018