Notícias

Escola de Qualificação do Pro Golf Tour – João Pinto Basto na Categoria 8 para 2021

Aqui, entre os 96 finalistas, foi dos melhores na jornada inaugural, com 68 (-4), num desempenho em que somou 6 birdies (três deles a fechar, nos buracos 7, 8 e 9) contra 2 bogeys. No dia seguinte, no entanto, assinalou 78 (+6), para finalizar entre os 41.ºs, com 146 (+2).

Fica assim com a Categoria 8 (para jogadores classificados entre o 21.º e o 60.º lugares na Escola de Qualificação).

A prova foi ganha de forma categórica pelo francês Leo Mathard, com 128 (64-64), -16, seguido do compatriota David Ravetto com 134 (65-69), -10.

Numa época de 2020 encurtada devido à pandemia, o melhor português e o único no top-100 do ranking do Pro Golf Tour foi Tomás Melo Gouveia, em 58.º. O irmão mais novo de Ricardo Melo Gouveia tem assim a Categoria 7 (jogadores classificados entre o 21.º e o 60.º lugares no ranking final do circuito).

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Miraflores, 19 de outubro de 2020

Fotografia © Vasco Vilhena / Golftattoo / Federação Portuguesa de Golfe