Notícias

Daniel da Costa Rodrigues leva os Aggies à vitória do Borger Olympics com 2.ª melhor volta do torneio

Na entrada para a última volta a diferença entre as duas equipas era de apenas 3 pancadas, mas Daniel da Costa Rodrigues, com uma excelente última volta de 68 pancadas, a segunda melhor do torneio e a melhor da sua equipa, fez com que essa volta fosse fundamental para que esta diferença pudesse ser ampliada.

“Eu sabia que, mesmo não começando bem, quando estamos a jogar em equipa temos de nos mentalizar que o resultado pode sempre vir a contar. Após os primeiros nove, consegui aguentar e consegui acabar a volta com algum alento para o último dia! No último dia eu sabia que tinha de jogar bem para ajudar a equipa a vencer. Sentia que o meu jogo estava bom e que poderia fazer uma boa volta. No final, 68(-4) foi a melhor volta do dia e conseguimos vencer. Estou contente e orgulhoso da equipa!” afirmou Daniel da Costa Rodrigues, o único “Freshman” da equipa dos Aggies no Border Olympics, ao Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe.

Dani terminou assim na 25.ª posição, com um total de 223 pancadas, 7 acima do Par. Já o seu companheiro de equipa, Dan Erickson, com voltas de 71, 70 e 71, quatro pancadas abaixo do Par, acabou por conquistar o 1.º lugar desta competição, fazendo dele o sétimo jogador dos Aggies a conquistar este torneio.

Poderá consultar todos os resultados AQUI.

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Miraflores, 26 de fevereiro de 2021

Fotografia © Border Olympics University Golf