Notícias

Campeonato Nacional de Clubes Solverde – Oporto e Qtª do Lago na frente com campeões à espreita

Vasco Manuel Carreira Alves, com umas excelentes 68 pancadas (-5), Afonso Girão, com um cartão de 72 (-1), e João Girão, com 75 (+2), foram os três jogadores a pontuar para a equipa capitaneada por Miguel Montenegro, que ao fim da ronda inaugural detém uma vantagem de dois ‘shots’ sobre a Quinta do Peru.

“Sentimo-nos confortáveis e é sempre melhor começar à frente. Já estávamos à espera de bons resultados, embora alguns tenham ficado aquém, mas será uma competição muito renhida e disputada até à última. Estamos à espera de grande rivalidade e luta até ao último buraco, mas julgo que amanhã será um dia decisivo para as contas finais”, antevê Miguel Montenegro, capitão do crónico candidato ao título, Oporto.

Enquanto Victor de Jesus (72 pancadas), João Pinto Basto Jr. (72) e João Miguel Pereira (73) contribuíram para as 217 pancadas da Quinta do Peru, o CG Miramar colocou-se em terceiro lugar, a apenas um ‘shot’ do segundo classificado e a três do primeiro, graças ao fantástico bom resultado de Pedro Lencart Silva, com 67 pancadas (-6), Pedro Clare Neves, com 73 (Par), e Afonso da Costa Rodrigues, com 78 (+5).

“O Lencart fez um excelente resultado. Temos jogadores muito jovens, três dos quais com pouca experiência, mas Miramar é um clube de formação e deu a oportunidade a estes golfistas, que no primeiro dia naturalmente acusaram algum nervosismo. Foi, ainda assim, uma volta bastante positiva e não perdemos o foco na revalidação do título. Temos capacidade para muito mais”, avisa Sérgio Ribeiro, capitão do clube bicampeão nacional, adiantando ainda ter encontrado um “campo em excelentes condições” e assistido a um “bom dia de golfe”.

Na competição feminina, que atribui a Taça Nini Guedes Queiroz, Leonor Medeiros, da Quinta do Peru, foi a grande figura do dia, ao completar o traçado algarvio com umas brilhantes 65 pancadas (-8), o melhor resultado entre os 94 jogadores dos 25 clubes que estão a disputar o Campeonato Nacional de Clubes – Solverde, organizado pela Federação Portuguesa de Golfe.

“É daqueles dias em que tudo corre bem. Foi uma volta fantástica! Fiz os 18 ‘greens’, dei bons ‘shots’ de saída, fui muito sólida e, pela primeira vez, não fiz nenhum ‘bogey’. É o meu melhor resultado até hoje. Foi, de facto, uma volta muito bem conseguida”, frisa Medeiros, assegurando estar a sua equipa “confiante e motivada” para tentar revalidar o título.

Apesar da excelente exibição da vice-campeã nacional de sub-18, a Quinta do Peru ocupa o segundo lugar do ‘leaderboard’, após registar um agregado de 144 pancadas, para as quais contribuíram também os 79 ‘shots’ de Inês Belchior, ao passo que a Quinta do Lago de Sofia Barroso Sá (69 pancadas) e de Maia Samuelsson (74) comanda com 143 ‘shots’.

Na terceira posição está Miramar, que contabilizou as 71 pancadas (-2) de Ana da Costa Rodrigues e as 75 (+2) de Matilde Fernandes para um agregado de 146 (Par).

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Miraflores, 4 de setembro de 2020

Fotografia © Octávio Passos / GolfTattoo / Federação Portuguesa de Golfe