Notícias

Campeonato Nacional de Clubes Sub-18 e Sub-14 – Miramar tem praticamente garantida a sua segunda dobradinha na história do torneio

Em sub-14, tudo se resumirá no último dia, amanhã (quinta-feira), a um duelo entre as equipa A e B de Miramar, que estão empatadas na frente com 24 pancadas de vantagem sobre o terceiro classificado, o Estoril.

Num formato de jogo em que se somam os três melhores resultados de cada equipa de quatro jogadores, o conjunto sub-18 de Miramar melhorou hoje cinco shots em relação à véspera (224-219), para um total de 443 (+5).

Pedro Lencart, a maior estrela de Miramar, voltou a estar em bom nível, retirando até duas pancadas ao seu primeiro resultado (73-71). Daniel Rodrigues também melhorou (76-73) e Diogo Mealha e Pedro Clare Neves marcaram 75. Este último substituiu Pedro Silva, que ontem havia feito 80.

Por Vilamoura, que soma cinco títulos na competição, destaque para Luca Lopes Azinheiro, com 72. Gonçalo Teodoro marcou 76 e Jamie Mann 77, para um total coletivo de 463 (+25). De fora ficou o 78 de Leonardo Rocha.

O Oporto, seis vezes campeão, está no terceiro lugar, com 464 (+26), pelo que amanhã vai disputar com o clube algarvio o título de vice-campeão, evoluindo com Vasco Alves, Luís Pedro Martins, Gonçalo Mata, Inês Santos e João Pedro Maganinho. Hoje pertenceu a Inês Santos – que substituiu Maganinho – a melhor volta do dia, com 70.

Em sub-14, a equipa de Miramar B foi a melhor no segundo dia, com 241 pancadas o que lhe permitiu apanhar na frente Miramar A, por sua vez com 244. Somam ambas 495 (+57).

Alberto Costa Marques tem sido a grande figura da equipa A, com voltas de 75-76. Pontuaram ainda Afonso da Costa Rodrigues (83) e Ana da Costa Rodrigues (85), ficando de fora o 86 de Pedro Sousa Machado.

Pela equipa B de Miramar, o destaque foi para Tomás Mondim Lopes, com 75. Pedro Freitas fez 82, Tomás Araújo 84 e Davide Ribeiro 90.

Gabinete de Imprensa FPG/Golftattoo

Lisboa, 4 de Abril de 2018