Notícias

Campeonato Nacional Absoluto – Audi – Uma edição para sagrar inéditos campeões

Sexta-feira, 26, o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, o presidente do Comité Olímpico de Portugal, José Manuel Constantino, e o presidente do Comité Paralímpico de Portugal, José Lourenço, visitam o palco marcando presença no Jantar Oficial do torneio.

A prova desenrola-se em quatro voltas de ‘stroke play’ (por pancadas), e no final dos primeiros 54 buracos é feito um ‘cut’ passando aos últimos 18 buracos 50 por cento dos participantes iniciais (homens e senhoras).

Esta é uma edição com a particularidade de não ter nenhum antigo campeão nacional absoluto, homem ou senhora, o que garante desde logo vencedores inéditos para domingo. O Nacional Absoluto é um dos dois ‘majors’ do golfe amador nacional, a par da Taça da Federação.

Ausentes estão os campeões do ano passado: Pedro Lencart (CG Miramar), porque está desde o verão do ano passado na University of Central Florida, em Orlando; Leonor Bessa (Miramar), porque tornou-se profissional, tal como o vice-campeão de 2018, Vítor Lopes, do Clube de Golfe de Vilamoura.

Outra ausência de peso é a de Hugo Teixeira, vencedor da última Taça da Federação, e atleta do clube local do Montado, no caso dele para poder dar apoio ao avô materno, que sofreu um ataque cardíaco e está em recuperação num hospital em Setúbal.

Em atuação estará, isso sim, a vice-campeã nacional de 2018, Sara Gouveia, do Clube Laranjas, da Quinta do Lago. “Sinto-me preparada física e tecnicamente e, acima de tudo, estou bem mentalmente, o que me faz encarar a semana com positivismo e vontade”, afirmou ao Gabinete de Imprensa da FPG.

Sofia Sá, da Quinta do Peru, vencedora das duas últimas edições da Taça da FPG, procura ficar na posse dos dois majors de Portugal, ela que tem apenas 15 anos, feitos em Março. Será a sua terceira participação no Nacional Absoluto, sendo que o ano passado foi 3.ª empatada com a sua companheira de clube Leonor Medeiros, n.º 1 no Ranking Ouro Feminino do Circuito Cashback World em 2018.

Beatriz Themudo (Orizonte), vice-campeã em 2016 e 2017, Rita Costa Marques (Miramar), campeã nacional sub-16, e Ana Rodrigues (Miramar), campeã nacional sub-14, são outras atletas a ter em conta.

Filipa Capelo (Associação Desportiva e Cultural da Quinta do Lago), com uma lesão nos tendões de Aquiles, ainda não sabe se jogará, tudo dependendo da forma como se sentir na quinta-feira.

Em homens, o favoritismo pertence a Daniel Rodrigues, de 16 anos. Além de ter vencido, em meados de Fevereiro, neste mesmo palco do Montado, o Internacional Amador de Portugal, o atleta de Miramar soma quatro vitórias em cinco provas realizadas em 2019 para o calendário interno federativo. Em 2018, foi 4.º classificado.

Afonso Girão, do Oporto Golf Club, soma já vários top-10’s no Nacional Absoluto, o último dos quais o ano passado (3.º), e procura a sua primeira vitória, tal como o seu companheiro de clube Vasco Alves (Oporto), vice-campeão em 2017 e finalista da Taça da FPG em 2018.

O foco estará também em Pedro Silva (Miramar), 7.º em 2018 e o único jogador que este ano levou a melhor sobre “Dani”, ganhando-lhe pela vantagem mínima no 1.º Torneio Circuito Cashback World com um ‘eagle’ 3 no último buraco.

Em paralelo ao Nacional Absoluto, decorrerá o Campeonato Nacional de 2.ªs Categorias, para jogadores com handicaps entre 4,5 e 11,4. Os campeões do ano passado foram Ana Rodrigues, então com 13 anos, e Luca Lopes (Vilamoura), de 15.

Na foto: Sara Gouveia, vice-campeã nacional em 2018 © Filipe Guerra/GolfTattoo/FPG

Gabinete de Imprensa da FPG

Lisboa, 24 de abril de 2019