Notícias

Campeonato da Europa de Sub-16 – Pedro Silva mantém comando para última volta e Leonor Medeiros entra no top-10

O dinamarquês Sebastian Friedrichsen e o finlandês Sakke Siltala, ambos com 70-71, repartem o segundo lugar com 141 (-3).

“É bastante bom saber que mesmo depois de este dia menos conseguido ainda continuo a liderar”, afirmou Pedro Silva ao Gabinete de Imprensa da FPG. “Hoje comecei algo nervoso, joguei os primeiros buracos com algumas dores na barriga. Mas a partir do buraco 9 o nervosismo passou, o que fez com que fosse possível fazer uma boa segunda volta e trazer-me de volta à liderança.”

Ou seja, marcou 40 pancadas (+4) na primeira metade do campo, com dois duplos, dois bogeys e dois birdies; e reagiu em grande estilo na segunda assinalando 34 (-2), com três birdies e um bogey.

“Foi uma volta carregada de altos e baixos. Comecei bem mas cometi erros graves na primeira volta que me fizeram perder bastantes pancadas. Na segunda volta consegui recuperar bem”, acrescentou.

Daniel Rodrigues, 8.º na edição passada, desceu quatro posições para os 18.ºs, com 149 (74-75). Na prova de raparigas, Leonor Medeiros repetiu o 75 da primeira jornada e descolou das 13.ªas para o 10.º posto isolado, com 150 (+6). Rita Costa Marques subiu um degrau para as 19.ºs, com 156 (77-79). A líder é a inglesa Caitlin Whitehead com 140 (71-69).

Na prova por equipas mistas, a Taça das Nações, entre 25 países concorrentes, contando os três melhores resultados dos quatro representantes de cada um, Portugal fez mais nove pancadas do que ontem (215-224) e, somando 439 (+7), desceu do 1.º lugar para o 2.º, por troca com a Suécia (217-212), que comanda agora com 429 (-3). Inglaterra e Alemanha somam 440.

EUROPEAN LADIES AMATEUR CHAMPIONSHIP

Em paralelo, jogou-se hoje o terceiro e penúltimo dia do Ladies European Amateur Championship, o Europeu Individual Amador de Senhoras, na Eslováquia, no Heritage Course (Par 72) do Penati Golf Resort. As duas portuguesas foram eliminadas pelo cut os 54 buracos, fixado em 222 (+6). Leonor Bessa, muito penalizada por uma primeira volta de +8, somou 228 (80-74-74), 12 acima do Par, e Sara Gouveia 231 (76-77-78), +15. Lidera a espanhola Celia Barquin com 203 (69-71-63), 13 abaixo do Par.

Gabinete de Imprensa da FPG

Lisboa, 27 de julho de 2018