Notícias

Alfred Dunhill Championship – Pedro Figueiredo no top-20 para fase final na África do Sul

Se Figueiredo ontem tinha marcado 2 birdies e 2 bogeys no seu cartão, hoje fez nada menos do que 7 birdies, cinco deles em seis buracos, entre o 11 e o 16, numa série de birdie-birdie-birdie-par-birdie-birdie. Os outros 2 birdies foram no 2 e no 4, nas margens de 1 bogey no 3. Mais 2 bogeys, no 10 e no 17.

A segunda volta não ficou completa, faltou apenas um jogador concluí-la, o inglês Garrick Porteous, que seguia no grupo dos 45.ºs com um total agregado de -1. Pelo que ainda não há o ‘tee time’ e o grupo de Pedro Figueiredo para sábado.

O cut, para os 65 primeiros e empatados, fixava-se em 144 (Par). Em prova 156 jogadores à partida (houve duas desistências entretanto).

Naquele que é para estes três portugueses o segundo torneio seguido na África do Sul, depois do Joburg Open, em Joanesburgo, Ricardo Santos encerra a prova nos 107.ºs, com 149 (75-74), +5, e Stephen Ferreira nos 122.ºs, com 151 (74-77), +7.

Há um líder destacado, o polaco Adrian Meronk, com 131 (65-66), -13. Meronk é bem conhecido dos portugueses pois foi o vencedor do 57º Open de Portugal @ Morgado Golf Resort, em 2019. O dinamarquês Joachim Hansen e o inglês Richard Bland (67-67) partilham o segundo lugar com 134 (-10).

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Miraflores, 27 de novembro de 2020

Fotografia © Pedro Figueiredo