Notícias

89.º Campeonato Internacional Amador de Portugal – Homens – Daniel da Costa Rodrigues na coliderança

Depois do resultado inaugural de 69 pancadas de ontem, o atleta da seleção nacional, de 16 anos, marcou hoje 67 para descolar dos 9.ºs para o 1.º lugar, empatado com o inglês Charles Thornton (66-70), ambos com um total de 136 (-8).

Foi uma exibição extraordinária do campeão nacional de sub-16, a proporcionar-lhe o melhor score do dia juntamente com o inglês Ben Schmidt e o espanhol Miguel Escolar.

Num dia em que o vento soprou com intensidade, “Dani” começou do 10 e perdeu três pancadas para o Par ao fazer bogey e duplo bogey nos buracos 13 e 14. Mas depois… cometeu a proeza de assinalar oito birdies nos 10 buracos seguintes, incluindo cinco consecutivos (18-1-2-3-4).

“Ontem joguei sólido, acertei 17 greens fiz três birdies e o resto tudo pares. Hoje comecei na volta mais difícil [10-18] e tive percalços no 13 e no 14, mas isso não me afetou, pelo contrário, deu-me mais vontade de ir atrás de um grande score – e a verdade é que depois disso joguei mesmo muito bem”, afirmou ao Gabinete de Imprensa da FPG.

“A liderança, acho que é um lugar merecido, pelo que tenho jogado, e só quero que amanhã chegue e que consiga fazer o melhor resultado possível para depois no quarto dia conseguir levar a vitória para casa”, acrescentou o jovem craque do CG Miramar, que procura tornar-se o segundo português consecutivo a erguer o troféu, um ano depois do êxito de Vítor Lopes no mesmo campo.

Daniel Rodrigues – que na edição passada, na sua estreia no torneio, terminou nos 17.ºs – e Charles Thornton têm uma pancada de vantagem sobre o inglês Sam Done (69-68) e duas sobre os também ingleses Laurie Owen (68-70) e Ben Schmidt (71-67) e o galês Matt Roberts (67-71), um trio que partilha o quarto lugar.

O italiano Filippo Celli, colíder aos 18 buracos juntamente com Charles Thornton, fez 74 caindo para os 7.ºs.

Amanhã, sexta-feira, “Dani” joga no grupo de honra com Thornton e Done, a partir das 13h11.

No final da terceira volta, amanhã, será feito um cut para os 40 primeiros e empatados, de entre os 120 participantes iniciais. O cut está provisoriamente fixado em 146 (+2).

Em relação aos restantes elementos da seleção nacional, Afonso Girão está a uma pancada do apuramento com 147 (73-74), nos 46.ªs; Vasco Alves está a duas do cut, com 148 (74-74), nos 57.ºs; Pedro Neves caiu dos 14.ºs para os 66.ºs, com 149 (70-79); Lucas Azinheiro posiciona-se nos 82.ºs, com 151 (74-77); e Pedro Silva encontra-se nos 108.ºs, com 156 (77-79).

O melhor entre os 10 portugueses que competem a nível particular é João Maria Pontes (Miramar), que, somando 148 (75-73), está empatado com Vasco Alves nos 46.ºs.

Fotografia de Daniel da Costa Rodrigues por Filipe Guerra/GolfTattoo/FPG

Gabinete de Imprensa da FPG

Lisboa, 14 de fevereiro de 2019