Notícias

34.ª TAÇA DA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE GOLFE – BPI – Vasco Alves e Leonor Medeiros  cabeças de série para eliminatórias

Na prova masculina, o atleta do Oporto Golf Club, a defender a posse da Taça conquistada em 2019, em Troia, terminou destacado na frente com voltas de 69-70, para um total de 139 (-5), o que lhe deu uma margem de cinco ‘shots’ sobre os dois jogadores do Clube de Golf de Miramar – o campeão nacional Pedro Lencart (69-75) e Pedro Clare Neves (73-71) – que se lhe seguiram na tabela, ambos com 144 (Par). 

Ricardo Garcia, do Clube de Golfe da Ilha Terceira, finalista vencido na última edição, fez neste domingo, com 69 (-3), o melhor resultado do dia, descolando dos 14.ºs para 4.º isolado, com 145 (+1). 

Gonçalo Costa, do Lisbon Sports Club, completou o ‘top-5’ somando 146 (72-74), sendo seguido por três atletas do Clube de Golfe de Vilamoura, entre eles o novo vice-campeão nacional, Lucas Lopes Azinheiro (70-77), que partilhou a 6.ª posição com Alexandre Castelo (73-74), ambos com 147 (+3); e David Rocha Martins (76-72), em 8.º, com 148 (+4). 

João Girão, do Oporto Golf Club, vencedor da Taça em 2015 (Estela Golf Club), perfez 149 (74-75) para ser 9.º. Em frente para a fase de eliminatórias seguiu também Hugo Teixeira, do Clube de Golfe do Montado, vencedor em 2018 (Ribagolfe II), nos 23.ºs, com 157 (79-78).

Os 32 primeiros, entre 83 jogadores iniciais, seguiram em frente para a fase de ‘match play’, sendo que na segunda-feira realizam-se os jogos dos 16 avos-de-final, de manhã, e os oitavos-de-final, de tarde.

O ‘cut’ para as eliminatórias saldou-se em 159 (+15), tendo cabido a Óscar Amador de Carvalho, de Vilamoura, a última vaga, depois de um ‘play-off’ por morte-súbita perante o seu companheiro de clube Henrique Rebelo e Tomás Araújo, de Miramar.

Óscar bateu Tomás Araújo no terceiro buraco do desempate (sempre jogado no 9) com um duplo bogey, já depois de Rebelo ter ficado pelo caminho no primeiro buraco. Cabe-lhe assim defrontar Vasco Alves na primeira ronda de match play.

Na prova feminina, Leonor Medeiros foi a vencedora da fase de ‘stroke play’. Depois das 69 pancadas inaugurais, a vice-campeã nacional fez hoje 75 para somar 144 (Par), o que lhe deu uma vantagem de dois ‘shots’ sobre a campeã nacional Sofia Sá (Quinta do Lago), que somou 146 (72-74). 

As oito primeiras apuraram-se para a fase de ‘match play’, sendo elas, além das duas primeiras, e por esta ordem de classificação, Ana da Costa Rodrigues (Miramar), Constança Mendonça (Orizonte), Inês Santos (Oporto), Amélie Abreu (Santo da Serra), Teresa Alves (Oporto) e Ivete Rodrigues (Verdegolf).

Os encontros dos quartos-de-final femininos realizam-se na segunda-feira, a partir das 9h34m.

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Miraflores, 4 de outubro de 2020

Fotografia © Vasco Vilhena / GolfTattoo / Federação Portuguesa de Golfe