Notícias

34.ª TAÇA DA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE GOLFE – BPI – Vasco Alves defende título, Sofia Sá persegue “hat-trick”

A Taça da Federação Portuguesa de Golfe – BPI joga-se entre sábado e quarta-feira no Montado Hotel & Golf Resort, em Palmela. Esta prova – um dos dois ‘majors’ do golfe amador português, a par do Campeonato Nacional Amador Absoluto – desenrola-se em dois dias de ‘stroke play’, para apurar e ordenar os 32 primeiros classificados de homens e as oito primeiras de senhoras, os quais seguem em frente para a fase de ‘match play’, com três dias de jogo.

Na prova masculina, com 83 participantes, Vasco Alves (Oporto Golf Club) defende o título conquistado o ano passado no Troia Golf Championship Course, após ter batido na final a 36 buracos o açoriano Ricardo Garcia, do Clube de Golfe da Ilha Terceira, que também compete no Montado. A final masculina de 2019 só ficou decidida no 39.º buraco, o terceiro do ‘play-off’.

“Este ano é claro que as ambições são as mesmas, quero defender o título, mas não tenho treinado tanto, sobretudo agora, com o recomeço do ano lectivo, em que a cabeça está mais virada para os livros”, afirmou Vasco Alves, que está no 3.º ano do curso de Engenharia Mecânica na Universidade do Porto.

“Vou com o objectivo de ganhar em mente, mas sem muita pressão, jogando ‘match’ a ‘match’, um passo de cada vez”, acrescentou o detentor da Taça, que em Setembro brilhou a grande altura no Campeonato Nacional de Clubes Solverde, no Morgado Golf Course, contribuindo de forma decisiva para que o Oporto conquistasse pela oitava vez a Taça Visconde Pereira Machado.

A equipa de Espinho venceu então com a vantagem mínima sobre os bicampeões em título de Miramar, com Vasco Alves a selar o triunfo com um birdie no último buraco, ele que foi o segundo melhor jogador individual em prova a seguir a Pedro Lencart (Miramar).

E é de assinalar que já em 2018, no campo Ribagolfe II, Vasco Alves estivera na final da Taça FPG, perdendo-a para Hugo Teixeira, do Clube de Golfe de Montado. Este não se apresentou em Tróia para a defesa do título em 2019, mas estará presente desta vez a jogar no seu ‘home club’.

Além de Vasco Alves e de Hugo Teixeira, só há mais um antigo vencedor da Taça em prova: João Girão, do Oporto, campeão em 2015, no Estela Golf Club, após uma final com Tomás Silva.

A maioria dos mais recentes vencedores da Taça, como Miguel Gaspar (2013), Vítor Lopes (2014) e Tomás Melo Gouveia (2016 e 2017) tornaram-se entretanto profissionais.

O favoritismo pertence, no entanto, a Pedro Lencart, recém-sagrado vice-campeão nacional absoluto (apenas atrás do profissional Ricardo Melo Gouveia) e, pela terceira vez, campeão nacional amador absoluto, no Campeonato Nacional Absoluto Audi que se jogou na semana passada no Oporto Golf Club.

No mesmo campo onde em Fevereiro se sagrou vice-campeão do Internacional Amador de Portugal, Lencart vai procurar conquistar um título que ainda não consta do seu brilhante palmarés. O ano passado perdeu nas “meias” para Ricardo Garcia.

Lucas Lopes Azinheiro (CG Vilamoura), o novo vice-campeão nacional amador, é outras das referências no Montado.

Na prova feminina, há a registar a ausência das duas finalistas de 2019: Rita Costa Marques (Oporto Golf Club) e Sara Gouveia (Quinta do Lago). A primeira, por motivos escolares; a segunda, porque entretanto assumiu o estatuto profissional.

Entre as 13 participantes, Sofia Sá é, assim, a única que já conquistou a Taça. Embora tenha apenas 16 anos, venceu em 2017 (Estela Golf Club) e 2018 (Ribagolfe ii). Tendo-se sagrado pela primeira vez campeã nacional amadora absoluta no passado sábado, procura igualmente a proeza rara de vencer os dois ‘majors’ do golfe amador português no mesmo ano.

“Encaro esta prova da mesma maneira que encaro todas as outras”, disse, explicando: “Como um desafio para mim, como mais uma oportunidade para jogar bem e mostrar o meu valor. Já ganhei duas vezes a Taça e gostava de ganhar a terceira. Tenho trabalhado muito para obter os resultados que tenho feito e para os torneios que tenho ganho.”.

A sua grande rival, a vice-campeã nacional Leonor Medeiros (Quinta do Peru), vai por sua vez tentar erguer pela primeira vez a Taça da FPG, no mesmo palco onde em 2019 se sagrou campeã nacional amadora após um grande duelo com… Sofia Sá. Um grande duelo que se repetiu na última semana no Oporto, mas com desfecho inverso…

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Miraflores, 2 de outubro de 2020

Fotografia © Filipe Guerra / GolfTattoo / Federação Portuguesa de Golfe

Fotografia: Rita Costa Marques e Vasco Alves, os vencedores da Taça da FPG – BPI em 2019