Notícias

2.º Torneio Circuito Nacional Mid-Amateur – Salvador Costa Macedo com mais encanto na despedida do Penina Hotel & Golf Resort

Com resultados de 70-72, para um total de 142 (-4), ganhou com três pancadas de vantagem sobre Tiago Costa, da Aroeira, campeão nacional Mid-Amateur em 2019, que completou o dueto de jogadores que não perdeu para o Par em nenhuma das duas jornadas, marcando 73-72, para um somatório de 145 (-1).

“Foi a melhor forma de terminar este ciclo, foram quase quatro anos aqui no Penina, memoráveis, inesquecíveis – e no futuro nunca se sabe”, disse Costa Macedo ao Gabinete de Imprensa da FPG.

“Na verdade, não estava à espera do resultado que fiz”, acrescentou. “Treinei muito pouco. Fui um bocadinho a ver o que é que vinha. E, no primeiro dia, acabo com um resultado bem melhor do que o meu nível de jogo, mas isso só me deu mais confiança para o segundo dia.”.

Um segundo dia em que nunca perdeu o comando, mas em que se deixou igualar por Tiago Costa após três buracos de jogo, para logo recuperar com birdies nos 4 e 5. “Foi uma vitória controlada com pressão de parte a parte”, concluiu.

Destaque também para Francisco Valente, do Lisbon Sports Club, que não perdeu para o Par no agregado dos 36 buracos. Com scores de 74-72, ficou em 146 (Even Par) e isolado no terceiro lugar do pódio. E recebeu o prémio Prata, sendo vencedor neste capítulo com os resultados net de 70-68, somando 138 (-8).

O êxito de Salvador Costa Macedo surge um mês depois de o seu irmão mais novo, Luís Costa Macedo (Lisbon SC), ter conquistado o Campeonato Nacional Mid-Amateur – BPI em Royal Óbidos.

Luís Costa Macedo foi desta vez 5.º no 2.º Torneio, com 149 (75-74), 3 acima do Par, empatado com Ricardo Pereira (74-75), do CG Vilamoura, mas tornou-se no novo líder Ouro na Road to Troia, a Ordem de Mérito do Circuito Nacional Mid-Amateur.

Acrescentou 240 pontos aos 450 conquistados no início de Julho pela vitória em Royal Óbidos e subiu de 2.º para 1.º na tabela, com 915 pontos, destronando o seu companheiro de clube José Maria Cazal-Ribeiro (713), que desce para 3.º. Tiago Costa, é agora 2.º na Road to Troia, com 728 pontos.

Salvador Costa Macedo “faturou” 300 pontos e subiu de 13.º para 4.º, com 683 pontos. Ricardo Pereira completa o top-5 do ranking Ouro, com 680 pontos.

O 4.º lugar no 2.º Torneio pertenceu a Nuno Brito Cunha (Oitavos), com 147 (71-76), +1. Jogou a volta de domingo no grupo de honra com Salvador e Tiago Costa.

 

Lara Vieira imbatível em senhoras  

Na prova feminina, Lara Vieira voltou a vencer, somou mais 300 pontos para a Road to Troia e reforçou a liderança nesta tabela, somando 1050 pontos. Dos três triunfos averbados pela jogadora madeirense no Circuito Nacional Mid-Amateur, este foi o mais folgado.

Com voltas de 79-80, para um total de 159 (+13), a campeã nacional do escalão ganhou com 12 pancadas de vantagem sobre a vice-campeã nacional Marta Lampreia, que somou 171 (87-84), +25.

“Joguei bem, mas ‘patei’ mal, tive dificuldade em adaptar-me aos greens, que estavam bons, mas com uma velocidade um bocadinho lenta”, disse Lara Vieira. “Mas estou contente por ter ganho mais este torneio e com alguma margem. Foi um ótimo fim-de-semana – e agora falta o último na Estela, vamos ver.”.

Para Lara Vieira, antiga campeã nacional amadora absoluta e atleta internacional pelas seleções nacionais, esta foi a primeira vez que jogou no Penina. “Nunca cá tinha jogado” reconheceu. “É um campo clássico, no sentido em que é preciso colocar bem a bola, no sítio certo, sob pena de não se conseguir jogar os buracos da melhor maneira. Gostei muito, o campo está em boas condições depois de ter estado parado durante algum tempo, e em relação à covid-19 a Federação Portuguesa de Golfe continua a ter ótimas medidas implementadas.”.

Ana Basílio dos Santos, do ACP Golfe, foi 3.ª com 175 (84-91), tendo tido a recompensa de subir do 3.º ao 2.º lugar na Road To Troia, com 903 pontos, destronando assim da vice-liderança Mafalda Magalhães (CG Arquitectos), que foi 5.º classificada na Penina com 181 (88-93).

O 4.º lugar no 2.º Torneio pertenceu a Celeste Duarte, do Oporto, com 178 (91-87), que foi a vencedora net, neste capítulo com resultados de 76-72 e um total de 148 (+2).

 

Gabinete de Imprensa da Federação Portuguesa de Golfe

Miraflores, 2 de agosto de 2020

Fotografia © Filipe Guerra / GolfTattoo / Federação Portuguesa de Golfe

Fotografia: Os premiados do torneio – Francisco Valente (Prata), Celeste Duarte (Prata), Lara Vieira (Ouro) e Salvador Costa Macedo (Ouro)