Notícias

124.º The Amateur Championship – Fase de match play sem portugueses na Irlanda

Entre 288 jogadores, João Girão respondeu ao 78 (+7) da primeira volta, no The Island, com um 72 na segunda, em Portmarnock, subindo dessa forma 88 posições para terminar nos 110.ºs, com 150 (+7). No primeiro dia, chegou a integrar o top-5 ao fechar os primeiros nove buracos com 34 pancadas (-1).

Pedro Lencart também jogou primeiramente no The Island, entregando um cartão de 74 (+3). Na segunda volta, em Portmarnock, começou mal, com duplo bogey e bogey logo nos dois primeiros buracos, mas depois teve uma série fantástica de quatro birdies consecutivos entre os buracos 3 e 6 que o colocaram bem dentro do cut.

As suas aspirações caíram por terra quando fechou o front nine com triplos bogeys no 8 e no 9. No back nine, assinalou oito pares e um bogey, a que correspondeu um cartão de 77 (+5), para um total 151 (+8) e um lugar entre os 138.ºs, uma descida de 59 posições em relação ao primeiro dia.

O inglês Thomas Plumb (68-71) e o dinamarquês Jon Axelsen (70-69) foram os melhores na primeira fase da competição, com 139 (-4). Apenas 10 jogadores lograram concluir os 36 buracos com um agregado de pancadas abaixo do Par.

A melhor marca de um português no The Amateur aconteceu em 2008, quando Pedro Figueiredo chegou aos quartos-de-final, no mesmo ano em que venceria o The Boys Amateur, prova que Pedro Lencart também conquistou em 2017.

Gabinete de Imprensa da FPG

Lisboa, 19 de junho de 2019