Notícias

123.º The Amateur Championship – Dois portugueses entre a elite mundial

Com uma lista de elite de 288 jogadores, oriundos de 38 países, desde a Europa às Américas, passando por Ásia-Pacífico e África, a prova decorrerá em seis dias, até sábado, no nordeste da Escócia, nos campos de Royal Aberdeen e Murcar Links, este pela primeira vez.

A primeira fase da competição compreende duas voltas de ‘stroke play’, uma volta em cada campo, para definir os 64 primeiros e empatados que passam à segunda fase, em ‘match play’, apenas no Royal Aberdeen. Todos os jogos são feitos em 18 buracos, exceto a final, em 36.

O que diz o Treinador Nacional
“Temos vindo a estar cada vez mais presentes em competições no Reino Unido e cada vez com jogadores mais novos”, afirmou Nelson Ribeiro ao Gabinete de Imprensa da FPG. “Aqui existe sem dúvida um dos melhores ‘fields’ do mundo, e na oportunidade de podermos estar presentes cá, iremos aproveitar as oportunidades. O The Amateur é uma competição do calendário internacional que é um privilégio para quem procura jogar golfe de alta competição.”

Sobre os campos anfitriões, afirmou: “Qualquer campo onde se realize o The Amateur é sempre um campo com muita exigência. São preparados de uma forma diferente para marcar a diferença entre os jogadores bons e os jogadores muito bons. Os ‘fairways’ mais estreitos, ‘roughs’ mais altos, ‘greens’ mais rápidos com posições de bandeiras estrategicamente colocadas, tudo isto para haver um desafio constante da capacidade do jogador.”

Como é da tradição, o vencedor recebe um convite para o 147.º The Open, no próximo mês em Carnoustie, bem como, no próximo ano, para o Masters Tournament, sempre em Augusta National, e para o Open dos EUA, a realizar-se em Pebble Beach.

Quem são as principais figuras
Entre os participantes, o norueguês Victor Hovland é o jogador mais cotado no Ranking Mundial Amador, na 5.ª posição. Tem 21 anos e joga golfe universitário pela Oklahoma State, tendo subido ao top-10 após a sua vitória, em Março, no Valspar Collegiate.

Logo a seguir na tabela, surge o inglês Matthew Jordan (7.º), vencedor em Maio do Lytham Trophy – e logo com nove pancadas de vantagem sobre a concorrência. O jogador do Royal Liverpool vai tentar dar a Inglaterra o seu terceiro título consecutivo no torneio, depois dos êxitos de Harry Ellis (2017) e Scott Gregory (2016).

Harry Ellis que não irá defender o título, precisamente porque esteve a competir esta semana no Open dos EUA, em Nova Iorque, falhando o ‘cut’ na cauda da tabela, com 159 pancadas (80-79), 19 acima do Par. Mas a prova conta com o vice-campeão de 2017, o australiano Dylan Perry, 21.º mundial.

Quando, onde e com quem jogam os portugueses
Quanto aos portugueses, Vítor Lopes – que este ano já venceu o Internacional de Portugal – é o n.º 186 no ranking mundial e João Girão o 877.º. Ambos começam a prova no Royal Aberdeen, o primeiro pelas 13h51, num grupo com o norte-americano Ben Albin e o inglês Gian-Marco Petrozzi (não é engano, é mesmo inglês e não italiano), o segundo pelas 9h28 num trio com o norte-americano Hunter Dunagan e o marroquino Ayoub Id Omar.

A melhor marca portuguesa na prova pertence a Pedro Figueiredo, que em 2008 chegou aos quartos-de-final, no mesmo ano em que venceu a versão sub-18 do campeonato, o Boys Open.

Entre os antigos campeões do torneio constam nomes grandes da história do golfe como Sir Nick Faldo, Darren Clarke, Padraig Harrington, Louis Oosthuizen, Ernie Els, Rory McIlroy, Henrik Stenson e Sergio Garcia.

Na fotografia: Vítor Lopes e João Girão a treinarem na Escócia

Gabinete de Imprensa da FPG

Lisboa, 17 de Junho de 2018

Golfe para todos

Golfe para todos

É cada vez mais simples começar a praticar um dos desportos mais desafiantes do mundo.
Vem descobrir o prazer do golfe num campo perto de ti.

Experimenta hoje mesmo.
Sem equipamento.
Sem experiência.
Sem custos.

Deixa-nos o teu nome e email e nós prometemos preparar a bola para dares várias tacadas.