Notícias

Hugo Espírito Santo e João Maria Pontes vice-campeões do Mundo de Pitch & Putt

A dupla convocada pela Federação Portuguesa de Golfe para a primeira edição do World Pairs Championship, ou Campeonato do Mundo de Pares de Pitch&Putt, esteve no segundo lugar do princípio ao fim mas só na última volta ficou isolada em tal posição, terminando a seis pancadas dos campeões – são eles Raúl Toca e Jaime Herrera, dois espanhóis da Cantábria que são os bicampeões de pares de Espanha em pitch&putt.

O terceiro e último dia jogou-se na modalidade de foursomes (uma só bola, pancadas alternadas), com os portugueses a encerrarem com o resultado de 53 pancadas, 1 abaixo do Par 54, para um total de 209 (-7). Melhor, só o 51 dos espanhóis Bernabé González/ César Fernández de Caleya, que terminaram no terceiro posto, a uma pancada dos portugueses; e o 52 dos campeões, que totalizaram 203 (-13).

“Foi muito bom, é um segundo lugar num campeonato do mundo entre 72 pares e cumprimos o nosso objetivo”, afirmou João Maria Pontes ao Gabinete de Imprensa da FPG. “No entanto poderíamos ter dado um pouco de mais luta em relação aos líderes, tivemos um duplo e um bogey hoje, o que lhes permitiu estarem mais relaxados e sem pressão. Mas tivemos uma grande segunda volta [back nine] que nos permitiu recuperar esses erros e alcançar o segundo lugar.”

Já Hugo Espírito Santo, afirmou: “Estivemos sempre taco a taco com os primeiros. Mas eles controlaram do início ao fim. Jogam muito bem. Não vacilaram. Afinal, são bicampeões de pares de Espanha. Os que estavam empatados connosco terminaram uma acima hoje ficando duas pancadas atrás de nós.”

Gabinete de Imprensa da FPG

Fotografias: João Maria Pontes e Hugo Espírito Santo com os troféus e a bandeira portuguesa e no pódio, com o equipamento da seleção nacional © D.R.

Lisboa, 25 de março de 2018